quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Sou feliz!

Amados de Deus!
Hoje é aniversario do meu pai, falecido em 03/12/1978...ele estaria fazendo 79 anos...agradeço muito, muito a Deus pelos 13 anos em que pude ser filha dele, com sua presença real e tão marcante...
Sei que tudo o que sou hoje, devo muito a ele, a sua presença e também a sua falta, porque esta ultima me ajudou e me ajuda muito estar sempre pertinho do Pai do Céu...afinal Ele é quem preenche a lacuna do amor paterno que fica no coração do órfão...
Obrigado Pai do céu, por ter sido tão bom ao escolher um pai tão bom para mim, apesar de por tão pouco tempo...
No meu "projeto de livro" falo muito da importância do meu pai em minha vida, para ser o que sou....vou postar um trecho, para que voces conheçam e saibam um pouquinho do amor que Deus tem para com cada um de nós...


Trecho tirado do Capitulo III do projeto do meu livro "Meu jardim Secreto"...






            "Na entrega total diante do Sacrário, Jesus veio preencher todo o espaço vazio deixado por esta primeira perda de minha vida, levando-me ao desafio de experimentar a Luz que saia desta “porta estreita” e mostrando-Se puro amor, tirou de meus lábios um louvor profundo, sincero, real.
            Como prova deste amor o Senhor me pediu algo muito especial...tocar violão para Ele!
            É que depois da morte do papai, por não ter condições financeiras de continuar as aulas de violão  e, também por não ter mais o incentivo e o fã clube do papai, doei o meu violão  e abandonei esta  carreira.
            Anos depois, no Sacrário, o Senhor me motivou a reativar este dom...
            Obediente a este apelo e sentindo a necessidade de musica em nosso grupinho de adoração, me dirigi ao meu sogro e pedi um dos seus violões o que ele atendeu prontamente.
            Numa banca de jornal procurei uma revista das do tipo “como tocar violão”...numa livraria católica comprei um livro de cifras “Louvemos ao Senhor” e...mãos a obra!
            O Primeiro dia que cheguei na Igreja munida de violão, livros, revistas, etc...o Senhor falou em meu coração:
            “-Stela, minha filha, já que não pode mais tocar para seu pai da terra, que tal tocar para Mim?”
            E um grande sentimento de alegria invadiu meu coração e passei a tocar sem medo algum...   difícil foi para minhas irmãs de oração suportarem o meu canto, mas até isto, com o tempo o Senhor foi consertando, no incentivo de estudar em casa e não desanimar.
            Um fato lindo também o Senhor me preparou com este SIM!
            Um parente do meu marido  foi  visitar o Santíssimo Sacramento quando me viu tocando sozinha para Jesus.
            Terminada sua oração foi à empresa do meu marido e falou para ele:
            -“Nossa, você não sabe, acabei de vir do Santuário e vi a coisa mais linda, sua esposa sozinha na Igreja, tocando para Jesus!”
            Meu marido que, nesta época, estava afastado da  Igreja, foi conferir de perto e, lógico, o Senhor aproveitou o momento para tocar o seu coração...
            O Senhor pode realizar grandes coisas com simples gestos nossos, com um pequenino  “sim” Ele fez maravilhas!
            Hoje, olho para minha vida e já não me sinto a coitadinha que ficou órfão tão pequena, mas sinto que esta dor, esta cruz, certamente grande demais para meus pequeninos ombros aos 13 anos, serviu de canal para meu encontro com Jesus, para minha conversão real, para minha união com Ele...

“Eu Te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e doutores e as revelastes aos pequeninos. Sim, Pai, porque foi do teu agrado. Tudo me foi entregue por meu Pai, e ninguém conhece o Filho senão o Pai, e ninguém conhece o Pai senão o Filho e aquele a quem o Filho quiser revelar.” (Mat 11, 25-27)


  
            Então, aceito este fato da minha história, dificil, dolorido, mas é a minha história e aproveito para agradecer os 13 anos que tivemos papai conosco, toda a instrução que ele nos deu, todo amor que ele nos ofereceu, e consigo, no mais profundo do meu coração emitir um grito de louvor....aprendi as duras penas a “Loucura da Cruz!”


“Os judeus pedem milagres, os gregos reclama a sabedoria, mas nós pregramos Cristo crucificado, escândalo para os judeus e loucura para os pagãos; mas, para os eleitos – quer judeus, quer gregos -,força de Deus e sabedoria de Deus. Pois a loucura de Deus é mais sábia do que os homens, e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens.”      (I Cor 1, 22-25)"



PAZ!
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário