segunda-feira, 15 de junho de 2015

EXPLICAÇÃO DO CREIO PARA ENCONTRO DE CATEQUESE


Olá queridos irmãos,
Hoje estou postando uma ajuda para encontros de catequese sobre a nossa profissão de fé "O Creio"!
Está bem fácil a explicação e acredito que pode ser dado em dois encontros para poder ser melhor aprofundado.
Espero que seja útil à você!
Deus lhe abençoe!
A PAZ!

Segue o esquema para o Encontro:



                         Meditando o Credo – Profissão de fé Católica

Creio em Deus Pai todo poderoso
> A fé em Deus nos leva a voltar só para Ele como nossa primeira origem e nosso fim último, e a nada preferir a Ele e nem substituí-lo por nada. Seu próprio ser é Verdade e Amor. Se não cremos que o amor de Deus é todo-poderoso, como crer que o Pai pôde os criar, o Filho, remir-nos, o Espírito, santificar-nos?
criador do céu e da terra
> Deus criou todas as coisas, homem e mulher. O homem foi feito senhor do mundo, mas EM DEUS. Ao desobedecer a Deus, vivendo livremente e separando-se do CRIADOR, (pecado original), Adão e Eva abrem as portas do mundo à morte (separação de Deus).
> A morte não estava no plano inicial. A aliança de fidelidade entre os homens e Deus foi assim rompida. Em Jesus, resgata-se a Aliança e cumprem-se as promessas de Deus de nos enviar o Salvador. Adão e Eva x Jesus e Maria.
> Os primeiros povoaram a Terra, os segundo repovoaram no AMOR DE DEUS restabelecendo a aliança e compromisso.
e em Jesus Cristo, seu único filho, Nosso Senhor,
> O nome de Jesus significa “Deus que salva”. A criança nascida da Virgem Maria é chamada “Jesus”, pois Ele salvará Seu povo de seus pecados” (Mt 1,21): “Não existe debaixo do céu outro nome dado aos homens pelo qual devamos ser salvos” (At 4,12).
que foi concebido pelo poder do Espírito Santo
> Deus, apesar de seu poder, só enviou seu filho mediante ao consentimento de Maria.  Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, na unidade de sua Pessoa Divina: por isso Ele é o único mediador entre Deus e os homens.
nasceu da Virgem Maria
> Maria foi escolhida para ser a Mãe do Filho de Deus, Virgem antes e depois, aceitou com seu SIM a vontade de DEUS PAI em todos os instantes. Por não ter sido concebida com a mancha do pecado original, Maria não passa pela Morte e é levada em Corpo e Alma aos céus: Festa da Assunção.
> Aquela que introduziu na humanidade o Filho eterno de Deus não poderá nunca ser separada d’Aquele que se encontra no centro do desígnio divino concretizado na história… Ela é o caminho que conduz a Cristo: de facto, aquela que “ao anúncio do anjo acolheu no coração e no corpo o Verbo de Deus” (LG 53), nos mostra como acolher na nossa existência o Filho descido do céu, educando-nos a fazer de Jesus o centro e a “lei” da nossa existência…
A dignidade fundamental de Maria é aquela de “Mãe do Filho”, que vem expressa na doutrina e no culto cristão com o título de “Mãe do Filho”. Trata-se dum título surpreendente, que manifesta a humildade do Filho Unigénito de Deus na sua Encarnação e, em ligação com esta, o sublime privilégio concedido à criatura chamada a gerá-lO na carne (João Paulo II)! A virgindade de Maria é dogma de fé!
padeceu sob Pôncio Pilatos , foi crucificado, morto e sepultado,
> A voz do povo é a voz de Deus? Jesus realizou atos – como o perdão dos pecados – que o manifestaram como próprio Deus Salvador. Alguns judeus, não reconhecendo o Deus feito homem e vendo nele “um homem que se faz Deus”, julgaram-no blasfemo. Você gritaria para libertar Barrabás ou Jesus?
> Nossa salvação deriva da iniciativa de amor de Deus para conosco, pois “foi Ele quem nos amou e enviou seu Filho como vítima de expiação por nossos pecados” (1JO 4,10). “Foi Deus que em Cristo reconciliou o mundo consigo” (2COR 5,19)
>           Cristo morreu e foi sepultado (1 Cor 15,4-5). É importante afirmar que Jesus foi sepultado. A sepultura diz, antes de tudo, que Jesus foi um verdadeiro homem, um homem de carne e osso, um ser verdadeiramente “encarnado”, e que morreu verdadeiramente. Sendo sepultado Jesus compartilha totalmente a condição humana, “experimentando a morte” (Heb  2,9) e também
desceu a mansão dos mortos
> Cristo passou pela morte – apesar de não ter a mancha do pecado – por livre entrega e aceitação às vontades do Pai e para que fossem cumpridas as escrituras/promessas de Deus Pai. Bem-aventurados os que crêem sem acreditar, muitos só crêem quando podem ver.
>           Depois de morto, Jesus foi até junto dos mortos como salvador; foi levar-lhes os benefícios da sua morte redentora: “Foi anunciada a boa nova também aos mortos” (1 Pd 4,6). Os justos de anteriores gerações obtiveram a perfeição (Heb 12,23) e foram introduzidos  no santuário celeste atrás de Cristo morto e ressuscitado. Esta verdade de fé resume-se nas três  seguintes afirmações:  Jesus foi verdadeiramente morto; a sua morte redentora tem valor salvífico para todos os homens, também para os que viveram antes d’Ele; Jesus no seu encontro com os justos já mortos, comunicou-lhes a plenitude da comunhão com Deus. Assim, a descida à mansão dos mortos,  foi vitória sobre ela.
ressuscitou ao terceiro dia,
>           A ressurreição de Jesus é a verdade culminante da nossa fé em Cristo (CIC 638); tudo se apoia sobre essa verdade como sólido fundamento. S. Paulo repete-o diversas vezes: Se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa fé e permaneceis ainda nos vossos pecados (1 Cor 15,17). A ressurreição diz respeito, antes de tudo a Jesus - ela é o testemunho irrefutável de que Jesus Cristo é o Filho de Deus, Salvador do Mundo. Mas também diz respeito a todos nós porque Jesus “com a sua morte nos liberta do pecado, e com a sua ressurreição nos dá acesso a uma nova vida, aquela dos filhos de Deus (CIC 654).  Se com Ele nos mantivermos firmes, reinaremos com Ele (2 Tm 2,11). Até que ponto a fé na ressurreição está presente no nosso coração e na nossa vida?
subiu aos céus, está sentado a direita de Deus Pai todo poderoso, de onde há de vir a julgar os vivos e os mortos.
> Tendo entrado uma vez por todas no santuário do céu, Jesus Cristo intercede sem cessar por nós como mediador que nos garante permanentemente a efusão do Espírito Santo.
>              Quando afirmamos que Cristo como Senhor está “sentado à direita do Pai”, afirmamos a nossa fé que, apesar do pecado humano e de todas as suas consequências, Deus é e será vitorioso sobre todas as forças do mal e sobre a própria morte. Por fim todos os poderes e todos os chefes do mundo serão submetidos à sua soberania (cf Mt 20,20ss). O Senhor Jesus, exaltado pelo Pai, atua no mundo, também fora da Igreja, por amor do seu Reino. Isto ampara e reforça a nossa confiança no desenvolver a tarefa missionária da Igreja de anunciar a soberania de Cristo a todo o mundo… Os cristãos proclamam que as forças da morte e do mal foram vencidas e que Cristo agora reina com o Pai .
> O que é a Parusia? É a vinda Gloriosa de Jesus, que vem ao lado dos eleitos, resgatarem SEU POVO. Será que somos povo eleito e temos caminhado conforme a vontade de Deus Pai?Qual será o tempo necessário para plantar em meu coração a semente que me salvará? Até quando esperar?
Creio no Espírito Santo,
> por meio dele é que tudo acontece (Mt 1,23). O mar é Deus, o barco sou eu, EM CRISTO, e o vento que sopra e me faz movimentar é o Espírito Santo. Por meio do Espírito é que as coisas se realizam.
na Santa Igreja Católica,
> A palavra Igreja significa “convocação”. Designa a assembléia daqueles que a Palavra de Deus convoca para formarem o Povo de Deus e que, alimentados pelo Corpo de Cristo, se tornam Corpo de Cristo.
> A Igreja é ao mesmo tempo visível e espiritual, sociedade hierárquica e Corpo Místico de Cristo. Ela é uma, formada de um elemento humano e um elemento divino. Somente a fé pode acolher este mistério.
> A igreja é no mundo presente o sacramento da salvação, o sinal e o instrumento da comunhão de Deus e dos homens.
na comunhão dos Santos,
> A igreja é a comunhão das “Coisas Santas”, primeiramente a Eucaristia que realiza a unidade nos fiéis, em Cristo, formando um só corpo.
> Comunhão entre a Igreja Militante (nós os vivos), Igreja Padecente (purgatório) e Igreja Gloriosa (o céu), acreditamos que existe comunhão com o plano salvífico de Deus para humanidade!
na remissão dos pecados,
> Cristo pode remir de todo o pecado os que acreditam n’Ele. “Não existe nenhuma culpa, por mais grave que seja, que não possa ser perdoada pela Santa Igreja(CIC 982). Se não fosse esta remissão, viveríamos sem esperança. A remissão dos pecados revela-nos que Deus não se resigna perante o pecado, pois, em Cristo, nos escolheu para sermos seus filhos, e está empenhado em nos libertar de tudo o que impede que sejamos “santos e irrepreensíveis” (Ef 1,4)
> Jesus deu a Pedro as ‘chaves’ do céu, tendo o direito de ligar aos céus ou à terra (Mt 16, 19). O que Pedro e os demais apóstolos ligassem aos céus, Jesus confirmaria.
> O pecado é aquilo que desconecta o homem do Criador. Os apóstolos – do qual o clero hoje assume a função e descendência ao renunciarem suas vidas e seguir o Cristo – são quem têm o poder de desligar ou ligar aos céus (Sacramento da Confissão).
> Referência: Jo 20, 22-23
na ressurreição da carne                                               
> Esta parte influi diretamente num princípio muito divulgado por novelas e livros que é a Reencarnação. Jesus, tal como Lázaro e uma viúva (referência At 9, 36-43) voltaram à vida no mesmo corpo, o que implica e nega a proposta espírita de reencarnar.
> Ressurreição implica em volta gloriosa com Jesus e com o mesmo corpo. Reencarnar pressupõe voltar em corpo diferente (em algumas linhas a reencarnação pode ser até em animais ou plantas). Jesus nos mostrou que ‘reencarnação’ é um conceito errôneo e impossível.
 na vida eterna.
> Para que haja vida eterna, mais uma vez a ‘reencarnação’ se mostra fantasiosa. Isso porque ao morrermos e passarmos pelo Juízo Particular e Juízo Final, estaremos com Jesus no descanso dos eleitos; experimentando a Glória de Deus para sempre. Analisemos, se todos que morreram tiverem que voltar, o Paraíso ficaria vazio? Certamente que não, mostra-se a ressurreição como o único conceito possível e real.
> Jesus morreu na Cruz e Ressuscitou nos garantindo a vida eterna. O problema é que ao olharmos as coisas de Deus com os olhos do homem, muitas vezes pensamos: “não será a vida eterna tempo de mais?”. No evangelho, Jesus mesmo adverte: “A Cezar o que é de Cezar e a Deus o que é de Deus”. Não devemos confundir o divino com o humano, até porque corremos o risco de reduzir a importância e o poder do Pai.
>Bom, se quando estamos fazendo algo que gostamos muito não queremos deixar de fazer, estar em companhia d’Aquele que é o motivo de nossas vidas, a Razão, a Alegria e a Felicidade seria ruim?
Amém.

> Confirma a primeira palavra do CREDO que é “eu creio”. Significa “que assim seja”.

sexta-feira, 13 de março de 2015

MÃES QUE REZAM!


Queridos irmãos a paz!



Ano passado tive a inspiração de convidar as irmãs do grupo de oração para rezarmos um grande cerco de jericó pelos nossos filhos.
Então juntamos 10 mães, cada mãe escreveu no papel o nome de seus filhos, sorteamos a ordem e rezamos dez semanas seguidas por eles. A oração foi feita seguida de uma Palavra bíblica (pedíamos para o Senhor), ou então, caso houvesse uma Palavra de ciência  anotávamos e no final, cada uma das participantes entregava para a mãe o que o Senhor falou durante a semana do cerco. Em todos os dias da semana uma de nós oferecia um jejum, sempre aspergindo água benta. Fizemos também um xerox para cada uma com a foto de todos os filhos, e guardávamos  em nossas bíblias.
Foi uma benção enorme para todas as mães que participaram, porém, um testemunho foi muito forte e quero partilhar.
Uma das mães, no ultimo dia do cerco que rezamos pelas suas filhas,  nos contou o seguinte:
Esta mãe, como muitas, trabalha, e por isto tem horário certo para chegar e sair de casa, mas durante a semana que rezávamos pelas suas filhas, por um motivo qualquer ela precisou voltar para casa no meio da tarde, fora do seu horário de costume.
Uma das suas filhas estava causando uma certa preocupação com o namoro, e a mãe tinha uma certa desconfiança de que o rapaz consumia maconha.
 Quando chegou em casa e tentou a abrir a porta percebeu que a chave estava virada e não conseguiu entrar. Chamou, então, por sua filha que estava lá dentro e viu que ela estava com uma amiga, pela movimentação. No seu coração sentiu um grande espinho e o Senhor a impulsionou a verificar o que estava acontecendo. Chamou, chamou e a filha demorou muito para abrir. Enfim ela mesmo conseguiu abrir quando entrou bruscamente e viu que a filha corria para área de serviço junto com a amiga.
Depressa foi verificar o que estava acontecendo quando percebeu a fumaça e o cheiro característico de maconha e os olhos vermelhos da filha. Perguntou para a filha quem estava usando a maconha e, para sua tristeza, ela confessou.
Sentiu como se o seu teto desabasse, pernas tremendo e sem saber qual atitude tomar. Sentou com ela e perguntou quem a tinha ensinado a usar e ela confessou ter sido o namorado. A mãe abraçou a filha com muito amor e disse que sentia muito esta situação e queria saber o que fazer para ajudá-la. Ao chegar a noite as duas contaram para o pai, a filha muito arrependida prometeu nunca mais usar e, de fato, parou por completo.
Percebemos todos a grande ação de Deus durante o cerco pois é uma grande providencia descobrir quando nossos filhos estão trilhando um caminho diverso daquele que ensinamos e esperamos. Descobrir em tempo de corrigir e alertar é um motivo de grande ação de graças!
Este ano iniciamos outro grande cerco, agora com 21 mães!!! São 21 semanas de oração initerrupta pelos nossos filhos.
Ao terminar, posto os testemunhos, são muitos!
Assim, queridos irmãos e irmãs, Deus conta com os pais para serem intercessores constantes dos filhos, reúna com amigos e amigas, comece um pequeno grupo, reze, reze, reze!
O tempo é urgente e o caminho está tortuoso e perigoso, a oração é extremamente necessária!
Não se esqueça jamais: DEUS CONTA COM VOCÊ!
A PAZ!

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

NOVENA PARA REALIZAR UM BOM TRABALHO

Olá queridos irmãos, a paz!
Não é nenhum segredo a dificuldade que os cristãos enfrentam no trabalho, para conseguir um bom trabalho e para realizar um trabalho segundo os sonhos de Deus.
O mundo cada vez mais está buscando um trabalho fácil, ganhar dinheiro fácil, mas não é isto que Deus propõe aos seus filhos. Jesus foi carpinteiro e ninguém pode alegar ser esta uma profissão fácil.
Atendendo a pedido de leitores do blog e também para que comece o ano entregando para Deus o seu trabalho, resolvi postar esta novena de São Josémaria Escrivá que nos ajuda a rezar para realizar um bom trabalho.
Faça, procure ajuda do céu para que o seu trabalho seja abençoado e produza os frutos necessários para o agrado de Deus!
A PAZ


NOVENA DO TRABALHO
a São Josemaria Escrivá por Pe. Francisco Faus


1º DIA
Trabalho, caminho de santidade
Reflexão: Palavras de São Josemaria Escrivá:
Viemos chamar de novo a atenção para o exemplo de Jesus que, durante trinta anos, permaneceu em Nazaré trabalhando, desempenhando um ofício. Nas mãos de Jesus, o
trabalho, é um trabalho profissional semelhante àquele que desenvolvem milhões de homens no mundo, converte-se em tarefa divina, em trabalho redentor, em caminho de salvação
(Questões Atuais do Cristianismo, n. 55).
Aí onde estão os nossos irmãos, os homens, aí onde estão as nossas aspirações, o nosso trabalho, os nossos amores, aí está o lugar do nosso encontro cotidiano com Cristo. Deus nos espera cada dia: no laboratório, na sala de operações de um hospital, no quartel, na cátedra universitária, na fábrica, na oficina, no
campo, no seio do lar e em todo o imenso panorama do trabalho (Homilia Amar o mundo apaixonadamente).
Intenção para se fazer um bom trabalho:
- Para que Deus Nosso Senhor me ajude a olhar para a minha tarefa profissional como um caminho de santificação e de serviço aos outros, onde Ele me espera a toda a hora, e me pede, em todas as circunstâncias, que imite Jesus quando trabalhava como carpinteiro em Nazaré.
Oração a São Josemaria:
Ó Deus, que por mediação da Santíssima Virgem Maria, concedestes inumeráveis graças a São Josemaria, sacerdote, escolhendo-o como instrumento fidelíssimo para fundar o Opus Dei, caminho de santificação no trabalho profissional e no cumprimento dos deveres cotidianos do cristão, fazei que eu saiba também converter todos os momentos e circunstâncias da minha vida em ocasião de Vos amar, e de servir com alegria e com simplicidade a Igreja, o Romano Pontífice e as almas, iluminando os caminhos da terra com o resplendor da fé e do amor.
Concedei-me por intercessão de São Josemaria o favor que vos peço... (peça-se).  Assim seja. Pai Nosso, Ave-Maria, Glória.
2º DIA
Trabalhar por amor a Deus
Reflexão: Palavras de São Josemaria Escrivá:
A dignidade do trabalho se baseia no Amor. O grande privilégio do homem é poder amar, transcendendo assim o efêmero e transitório (É Cristo que passa, n. 48). Fazei tudo por Amor. – Assim não há coisas pequenas: tudo é grande. – A perseverança nas pequenas coisas, por Amor, é heroísmo (Caminho, n. 813).
Na simplicidade do teu trabalho habitual, nos detalhes monótonos de cada dia, tens que descobrir o segredo – para tantos escondido – da grandeza e da novidade: o Amor (Sulco, n. 489).
Intenções: Para que Deus me ajude a compreender que o que dá valor a qualquer trabalho honesto é o amor com que o fazemos: em primeiro lugar, amor a Deus, a quem oferecemos o trabalho; e amor ao próximo, a quem queremos servir e ser úteis.
Oração a São Josemaria: 
3º DIA
Trabalhar com ordem e constância
Reflexão: Palavras de São Josemaria Escrivá:
Como é breve a duração da nossa passagem pela terra! ... Verdadeiramente é curto o nosso tempo para amar, para dar, para desagravar. Não é justo, portanto, que o malbaratemos... Não podemos desperdiçar esta etapa do mundo que Deus confia a cada um de nós (Amigos de Deus, n. 39).
Quando tiveres ordem, multiplicar-se-á o teu tempo e, portanto, poderás dar mais glória a Deus, trabalhando mais a seu serviço (Caminho,n. 80).
Intenções:
- Para que, com o auxílio de Maria Santíssima, saiba aproveitar o tempo como um tesouro que é; e que me esmere em aprimorar a virtude da ordem, de modo que consiga fazer tudo com pontualidade, intensidade e constância,
sem confusões nem atrasos, seguindo um plano bem estruturado, que me permita dedicar, de modo equilibrado, os horários convenientes a cada um dos meus deveres: vida espiritual, família, profissão e relações sociais.
Oração a São Josemaria.
4º DIA
Trabalho bem acabado
Reflexão: Palavras de São Josemaria Escrivá:
Não podemos oferecer ao Senhor uma coisa que, dentro das pobres limitações
humanas, não seja perfeita, sem mancha, realizada com atenção até nos mínimos detalhes: Deus não aceita trabalhos “marretados”. Por isso o trabalho de cada qual – essa atividade que ocupa as nossas jornadas e energias – há de ser uma oferenda digna aos olhos do Criador; numa palavra, uma tarefa
acabada, impecável (Amigos de Deus, n. 55). Antes de mais, devemos amar a Santa Missa, que tem que ser o centro do nosso dia. Se a vivermos bem, como não havemos de continuar depois com o pensamento no Senhor, para trabalhar como Ele trabalhava e amar como Ele amava? (É Cristo que passa, n. 154).
Intenções:
- Para que Deus me ajude a colocar todo o empenho em realizar o meu trabalho com categoria, com a maior perfeição possível, sem fazer as tarefas de qualquer maneira - convencido de que um trabalho mal feito não pode ser santificado, porque lhe falta amor, que é a condição imprescindível para que qualquer atividade humana possa ser agradável a Deus.
Oração a São Josemaria.
5º DIA
Todos os trabalhos honestos são dignos
Reflexão: Palavras de São Josemaria Escrivá:É hora de que todos nós, cristãos,
anunciemos bem alto que o trabalho é um dom de Deus, e que não faz nenhum sentido dividir os homens em diferentes categorias, conforme os tipos de trabalho, considerando umas ocupações mais nobres do que as outras. O trabalho, todo trabalho, é testemunho da dignidade do homem (É Cristo que passa, n. 47). Diante de Deus, nenhuma ocupação é em si grande ou pequena. Tudo adquire o valor do Amor com que se realiza (Sulco, n. 487).
Intenções:
- Para que se, atualmente, o meu trabalho está por baixo do meu preparo e das
minhas legítimas aspirações, Deus me ajude a não desprezá-lo, mas – enquanto não achar um trabalho mais apropriado – a realizá-lo com toda a responsabilidade, fazendo com que tenha a categoria do trabalho que Jesus realizou na oficina de Nazaré.
Oração a São Josemaria.
6º DIA
Trabalhar em companhia de Deus e com reta intenção
Reflexão: Palavras de São Josemaria Escrivá
Deves manter – ao longo do dia – uma constante conversa com o Senhor, que se alimente também das próprias incidências da tua tarefa profissional (Forja, n. 745) Como cristão, deverias trazer sempre contigo o teu Crucifixo. E colocá-lo sobre a tua mesa de trabalho. E beijá-lo antes de te entregares ao descanso e ao acordar (Caminho,n. 302). Coloca na tua mesa de trabalho, no teu quarto, na tua carteira..., uma imagem de Nossa Senhora, e dirige-lhe o olhar ao começares a tua tarefa, enquanto a realizas e ao terminá-la. Ela te alcançará – garanto! – a força necessária para fazeres, da tua ocupação, um diálogo
amoroso com Deus (Sulco, n. 531).
Intenções:
- Para que Deus me faça compreender que Ele está sempre ao meu lado, enquanto estou trabalhando. E que, para não perder de vista esta maravilhosa realidade, eu me esforce em ter presença de Deus durante o trabalho, servi discretamente - como de um “lembrete” - de um pequeno crucifixo, de uma estampa de Nossa Senhora, da efígie de outro santo da minha devoção...; “lembretes” colocados onde eu os possa ver com freqüência, sem exibicionismo
nem alarde.
Oração a São Josemaria.
7º DIA
Amadurecer nas virtudes através do trabalho
Reflexão: Palavras de São Josemaria Escrivá
Tudo aquilo em que intervimos os pobrezinhos dos homens – mesmo a santidade – é um tecido de pequenas insignificâncias que, conforme a intenção com que se fazem, podem formar uma tapeçaria esplêndida de heroísmo ou de baixeza, de virtudes ou de pecados (Caminho, n. 826). É toda uma trama de virtudes que se põe em jogo quando exercemos o nosso ofício com o propósito de santificá-lo: a fortaleza, para perseverarmos no trabalho, apesar das naturais
dificuldades; a temperança, para superarmos o comodismo e o egoísmo; a justiça, para cumprirmos os nossos deveres para com Deus, para com a sociedade, para com a família, para com os colegas; a prudência, para sabermos em cada caso o que convém fazer e nos lançarmos à
obra sem dilações... E tudo por Amor... (Amigos de Deus, n. 72).
- Para que Deus me ajude a desenvolver
por meio do trabalho as virtudes cristãs e a
amadurecer espiritualmente. Que eu procure ser
paciente e compreensivo, tanto com os chefes
como com os colegas e subordinados, que seja
simples e humilde, fugindo da vaidade e do
exibicionismo, que faça tudo, em suma, com
pureza de coração.
Oração a São Josemaria.
8º DIA
Trabalhar é servir, ajudar os outros
Reflexão: Palavras de São Josemaria Escrivá:
Pensai que através dos vossos afazeres profissionais, realizados com responsabilidade, além de vos sustentardes economicamente, prestais um serviço diretíssimo ao desenvolvimento da sociedade, aliviais também as cargas dos outros e mantendes muitas obras assistenciais – em nível local e universal – em prol dos indivíduos e dos povos menos favorecidos (Amigos de Deus, n. 120). Quando tiveres terminado o teu trabalho, faz o do teu irmão, ajudando-o, por Cristo, com tal delicadeza e naturalidade, que nem mesmo o favorecido repare que estás fazendo mais do que em justiça deves. - Isso, sim, é fina virtude de filho de Deus! (Caminho, n. 440).
Intenções:
- Para que Deus infunda na minha alma o desejo de fazer do meu trabalho, não uma atividade egoísta, fechada nos meus interesses, mas um serviço aberto ao bem e à utilidade de muitos, realizado com a certeza de que esse ideal de serviço aos outros dará um novo sentido, mais elevado e alegre, à minha vida.
Oração a São Josemaria.
9º DIA
Fazer apostolado com o nosso trabalho
Reflexão: Palavras de São Josemaria Escrivá:
O trabalho profissional é também apostolado, ocasião de entrega aos outros
homens; o momento de lhes revelar Cristo e levá-los a Deus Pai (É Cristo que passa, n. 49). Faze a tua vida normal; trabalha onde estás, procurando cumprir os deveres do teu estado, acabar bem as tarefas da tua profissão ou do teu ofício, superando-te, melhorando dia a dia. Sê leal, compreensivo com os outros e exigente contigo mesmo. Sê mortificado e alegre. Esse será o teu apostolado. E, sem saberes por quê, dada a tua pobre miséria, os que te rodeiam virão ter contigo e, numa conversa natural, simples – à saída do trabalho, numa reunião
familiar, no ônibus, ao dar um passeio em qualquer parte -, falareis de inquietações que existem na alma de todos, embora às vezes alguns não as queiram reconhecer: irão entendendo-as melhor quando começarem a procurar Deus a sério (Amigos de Deus, n. 273).
Intenções:
- Para que Deus me ajude a ver, no meu ambiente de trabalho, um campo aberto para a realização da missão apostólica que Deus confia a todos os batizados, aproveitando as oportunidades que Ele me dá para ajudar colegas, amigos, colaboradores, clientes..., a descobrirem as maravilhas da fé cristã.
Oração a São Josemaria: página 1
Autorização eclesiástica:
+ Dom Benedito Beni dos Santos, Bispo Auxiliar de
São Paulo, São Paulo, 20 de dezembro de 2004.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

10 CONSELHOS DOM BOSCO PARA OS PAIS!!!


10 Conselhos de Dom Bosco aos pais

1. Valorize o seu filho. Quando respeitado e estimado, o jovem progride e amadurece.

2. Acredite no seu filho. Mesmo os jovens mais difíceis trazem bondade e generosidade no coração.

3. Ame e respeite o seu filho. Mostre a ele, claramente, que você está ao seu lado, olhe-o nos olhos. Nós é que pertencemos a nossos filhos, não eles a nós.

4. Elogie seu filho sempre que puder. Seja sincero: quem de nós não gosta de um elogio?

5. Compreenda seu filho. O mundo hoje é complicado, rude e competitivo. Muda todo dia. Procure entender isto. Quem sabe ele está precisando de você, esperando apenas um toque seu.

6. Alegre-se com o seu filho. Tanto quanto nós, os jovens são atraídos por um sorriso; a alegria e o bom humor atraem os meninos como mel.

7. Aproxime-se de seu filho. Viva com o seu filho. Viva no meio dele. Conheça seus amigos. Procure saber aonde ele vai, com quem está. Convide-o a trazer seus amigos para a sua casa. Participe amigavelmente de sua vida.

8. Seja coerente com o seu filho. Não temos o direito de exigir de nosso filho atitudes que não temos. Quem não é sério não pode exigir seriedade. Quem não respeita, não pode exigir respeito. O nosso filho vê tudo isso muito bem, talvez porque nos conheça mais do que nós a ele.

9. Prevenir é melhor do que castigar o seu filho. Quem é feliz não sente a necessidade de fazer o que não é direito. O castigo magoa, a dor e o rancor ficam e separam você do seu filho. Pense, duas, três, sete vezes, antes de castigar. Nunca com raiva. Nunca. [Veja bem e entenda que aqui São João Bosco não proíbe os castigos, que são necessários em um processo de educação, ele pede PRUDÊNCIA ao fazê-lo e NUNCA, NUNCA castigar para descontar a raiva...]

10. Reze com seu filho. No princípio pode parecer “estranho”. Mas a religião precisa ser alimentada. Quem ama e respeita a Deus vai amar e respeitar o seu próximo. “Quando se trata de educação não se pode deixar de lado a religião”.

terça-feira, 17 de junho de 2014

Novena irresistível ao Sagrado Coração de Jesus




Olá amigo!
Quarta feira, dia 18/06, é o dia para iniciar a novena ao Sagrado Coração de Jesus.
Esta novena era rezada pelo Padre Pio ininterruptamente, pois ele bem sabia que o Coração de Jesus não resiste um pedido de um filho amado que o busca com sinceridade de coração e confiança absoluta na Sua Infinita Misericórdia.
Também sabemos que quando há festa na Igreja sempre é tempo forte de graça, então, lógico, que a festa do Sagrado Coração de Jesus é tempo propício para clamar a sua ajuda!
Vamos nos apropriar da Palavra em Apocalipse 3, 8 e 20:

"Conheço as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome.Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo."

Esta porta amado de Deus é o SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS!
Portanto, querido amigo, muito antes de você o Sagrado Coração deseja ardentemente entrar e habitar no seu pobre e humano coração, na Sua Infinita Misericórdia deseja ardentemente que você abra as portas do seu coração e dê livre acesso ao Senhor!
Livre acesso em tudo aquilo que você é e tem, cuidando de tudo como o Bom Pastor, providenciando tudo conforme a Sua Infinita Bondade, Justiça e Misericórdia!
Confie neste Sagrado Coração, Ele pode TUDO!
Reze a novena com fé e depois poste seu testemunho para que outros também sejam animados a entrar por esta porta estreita, porém a única certa para o céu que é o SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS!
Estarei fazendo a novena também, vamos nos unir em clamor pela comunhão dos santos... tantas mãozinhas confiantes batendo no Coração de Jesus, impossível que Ele não se vire para nós e nos atenda!
A PAZ!



Novena irresistível ao Sagrado Coração de Jesus
De 18 a 26 de junho 2014


FESTA MÓVEL: A Igreja celebra a Festa do Sagrado Coração de Jesus (27 de junho) na sexta feira da semana seguinte à Festa de Corpus Christi (19 de junho).

Ó meu Jesus, que dissestes: "Em verdade vos digo, pedi e recebereis, procurai e achareis, batei e
ser-vos-á dado!" Eis que bato, procuro e peço a graça...
Pai Nosso, Ave Maria e Glória.
Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!

Ó meu Jesus, que dissestes: "Em verdade vos digo, qualquer coisa que peçais ao meu Pai em
meu nome, Ele vo-lo concederá!" Eis que ao Vosso Pai, em Vosso nome, eu vos peço a graça...

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!

Ó meu Jesus, que dissestes: "Em verdade vos digo, passarão o céu e a terra, mas as minhas
palavras jamais passarão!" Eis que, apoiado na infalibilidade das Vossas santas palavras, eu
Vos peço a graça...

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!

Oração: Oh Sagrado Coração de Jesus, a quem uma única coisa é impossível, isto é, a de não
ter compaixão dos infelizes, tende piedade de nós, míseros pecadores, e concedei-nos as
graças que Vos pedimos por intermédio do Coração Imaculado da Vossa e nossa terna Mãe.

São José, Amigo do Sagrado Coração de Jesus, rogai por nós.

Salve Rainha...


Coração de Jesus, confio em vós!

segunda-feira, 2 de junho de 2014

NOVENA DA MEDALHA MILAGROSA EM HONRA A NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS

Olá queridos irmãos e irmãs!
Hoje quero postar a novena da Medalha Milagrosa em honra a Nossa Senhora das Graças!
Esta novena é poderosíssima e eu alcancei muitas graças através dela.
Vou testemunhar uma delas.
Minha mãe tinha uma casa que se encontrava alugada para um bar. Com o fruto do aluguel da casa minha mãe assumiu outro aluguel de um pequeno apartamento.
Depois de um certo tempo, o inquilino passou a atrasar o aluguel e depois deixou de paga-lo, ficando um ano sem efetuar o pagamento. Ajuizamos o despejo por falta de pagamento que demorou exatamente um ano para sair.
De fato, o inquilino só desocupou o imóvel com o despejo coercitivo e, mesmo ele desocupando a casa, não conseguimos alugar para outra pessoa porque praticamente acabou com o imóvel, precisava de muita reforma.
Minha mãe ficou numa situação muito difícil, ela tinha uma reserva em dinheiro que foi toda para honrar o aluguel do apartamento que assumiu e que não era suficiente para reformar a casa para que ela retornasse ou que alugássemos novamente.
Portanto, a situação era um verdadeiro caos!
Como sou advogada sofria a pressão dos meus irmãos, cunhados e da minha própria mãe que desejavam ver o inquilino pagando o mais rápido possível o que devia.
Desesperada por ver que o inquilino não pagava mesmo, inobstante as inúmeras cobranças que fazia pessoalmente e por telefone, já com ação judicial em andamento passei a fazer a novena sem parar, fiz durante todo o tempo, no intuito de alcançar o milagre de uma solução para este caso.
Um dia, em minha casa, no momento em que estava rezando, chorando, suplicando a Jesus uma saída, implorando para Ele ajudar, pedia para Nossa Senhora desesperadamente um sinal e de repente tocou o telefone. Corri para atender, ainda soluçando, e a pessoa que estava do outro lado da linha me perguntou se tinha um terreno em um determinado bairro para vender. Eu respondi que não, desliguei e voltei para minha oração, quando em meu coração o Espírito Santo me falava forte que este era o sinal que havia pedido para Nossa Senhora...
Confiei nesta moção do Espírito e imediatamente liguei para o inquilino e disse que estavámos dispostos a aceitar em pagamento o terreno que ele tinha no bairro indicado pelo telefonema... Qual não foi minha surpresa quando ele confirmou a propriedade do terreno, me passou o endereço e me contou que este terreno ele tinha comprado de um senhor, porém, não tinha conseguido honrar o pagamento integral, mas apenas de 90% do valor e, por esta razão, estava em litígio com o antigo proprietário.
Eu disse que não tinha importância que eu falaria com o proprietário para vendermos para uma terceira pessoa e assim resolveríamos os dois problemas, quitando as duas dívidas.
O terreno era muito bem localizado, de esquina um bom tamanho, enfim, muito valorizado. Imediatamente comecei a novena da Medalha Milagrosa pedindo a graça de vender o terreno, na época, pelo valor somado das duas dívidas, isto é, o que faltava para o proprietário e o que era devido para minha mãe.
Fui até o local e toquei a campainha, o proprietário era um senhor já de idade, bem humilde e morava em um casebre construído neste terreno. Expliquei toda situação para ele que concordou em vendermos o terreno para uma terceira pessoa e me passou o contato da advogada para cuidarmos de tudo. 
Comprei 50 medalhas da Nossa Senhora da Medalha Milagrosa e pedi para padre Arthur abençoar e expliquei o que faria com elas: Joguei-as no terreno pedindo que Nossa Senhora arranjasse logo um comprador honesto.
Entrei em contato com a advogada que não colocou nenhum obstaculo e no mesmo dia anunciei no jornal pelo valor que tinha pedido para Nossa Senhora na novena.
Depois de alguns dias do anúncio ligou uma corretora dizendo que um investidor estava interessado em adquirir o terreno, que pagaria a vista, e que também ficaria responsável pela sua comissão de venda!
Não acreditei! Feliz corri para o proprietário e disse que tinha encontrado o comprador que pagaria o valor suficiente para quitar as duas dividas, enfim, resolveríamos tudo!
O comprador concordou, fizemos tudo judicialmente e marcamos data para passar a escritura diretamente para o novo comprador.
Na reunião estávamos eu, o inquilino devedor, o proprietário e o comprador acompanhados de seus advogados e corretora.
Tinha prometido para Nossa Senhora que daria novena para estas pessoas, inclusive para o escrivão e depois que tudo foi assinado, os cheques administrativos entregues, peguei as novenas para distribuir, quando o proprietário, tão humilde, me falou:
-" Nossa a Senhora não acredita, outro dia eu estava capinando o terreno e olha só, eu encontrei esta medalhinha igualzinha no meu terreno, coloquei neste alfinete porque vi que era de Nossa Senhora, que coincidência heim!"
E aí estava outro sinal de que fora Nossa Senhora a responsável por todo este milagre!
Minha mãe conseguiu reformar e voltar para sua casa e todo o sofrimento foi lavado pela alegria desta ajuda do céu!
Queridos irmãos, tenho sempre a certeza absoluta de que a verdadeira felicidade está naquilo que vem das Mãos Benditas de Deus e a Providência quis ajudar de uma só vez o Sr. João e a minha mãe, com a venda desta terreno!
Tudo fluiu com tanta simplicidade, facilidade, que deixou  espantado até mesmo inquilino devedor, que jamais pensou que fosse possível, não só arranjar um comprador pelo valor anunciado, como fazê-lo de maneira tão rápida.
Por isto, queridos irmãos, não desistam nunca de entregar suas dificuldades para Jesus pelas mãos de Maria, façam esta novena sem cessar, até que em seus corações a paz se instaure e a resposta do céu aconteça, da maneira com Deus aprouver!
Deus seja louvado pela sua fidelidade e providência que jamais falham para os que n'Ele confiam!
Não perca tempo, comece hoje mesmo e depois poste aqui o milagre que Jesus realizará em sua vida pelas mãos de Nossa Senhora!
A PAZ!


OBS: Iniciar a novena fazendo o Ato de Contrição, a Oração de Súplica, rezando as três Ave-Marias, seguidas da jaculatória e depois a meditação de cada dia, terminando com a Oração Final.



NOVENA DA VIRGEM IMACULADA DAS GRAÇAS
DA MEDALHA MILAGROSA

            Ato de Contrição- Meu bom Jesus que por mim morrestes na cruz, tende piedade de mim, perdoai os meus pecados e dai-me a graça de nunca mais pecar.
         1º Dia 1º Aparição - Contemplamos a Virgem Imaculada, em sua primeira aparição a Santa Catarina Labouré. A piedosa noviça guiada por seu Anjo da Guarda é apresentada a Imaculada Senhora. Consideremos sua inefável alegria. Seremos também felizes, como Santa Catarina, se trabalharmos com ardor na nossa santificação.
            Súplica a Nossa Senhora - Ó Imaculada, Virgem Mãe de Deus e nossa Mãe ao contemplar-nos de braços derramando graças sobre os que vos pedem cheios de confiança na Vossa poderosa intercessão inúmeras vezes manifestada pela Medalha Milagrosa, embora reconhecendo a nossa indignidade por causa de nossas numerosas culpas, acercamo-nos de vossos pés para vos expor durante esta Novena as nossas prementes necessidades...( um instante de silêncio ). Concedei, pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa este favor que confiantes vos solicitamos para maior glória de Deus, engrandecimento do Vosso nome e bem de nossas almas e para melhor servirmos ao Vosso Divino Filho, inspirai-nos um profundo ódio ao pecado e dai-nos a coragem de nos afirmar sempre verdadeiros cristãos. Amém – Rezar 03 Ave-Marias.
            Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.
         Oração Final - Santíssima Virgem, eu creio e confesso vossa santa e Imaculada Conceição, pura e sem mancha. Ó puríssima Virgem Maria, por vossa Conceição Imaculada e gloriosa prerrogativa de Mãe de Deus alcançai-me de vosso amado Filho a humildade, a caridade, a obediência a castidade, a santa pureza de coração, de corpo e de espírito a perseverança na prática do bem, uma santa vida e uma boa morte. Amém.
            2º Dia - Lágrimas de Maria - Contemplemos Maria, chorando sobre as calamidades que viriam sobre o mundo, pensando que o Coração de seu Filho seria ultrajado, a cruz escarnecida e seus filhos prediletos perseguidos. Confiemos na Virgem compassiva e também participaremos no fruto de suas lágrimas.
            3º Dia - Proteção de Maria - Contemplemos nossa Imaculada Mãe, dizendo em suas aparições a Santa Catarina: " Eu mesma estarei convosco, não vos perco de vista e vos concederei abundantes graças. Sede para mim, Virgem Imaculada, o escudo e a defesa em todas as necessidades.
            4º Dia - 2º Aparição - Estando Catarina Labouré em oração a 27 de novembro de 1830, apareceu-lhe a Virgem Maria, formosíssima, esmagando a cabeça da serpente infernal; nesta aparição vemos seu desejo imenso de nos proteger sempre contra o inimigo de nossa salvação. Invoquemos a Imaculada Mãe com confiança e amor!
            5º Dia - As Mãos de Maria - Contemplemos, hoje, Maria, desprendendo de suas mãos raios luminosos. "Estes raios, disse ela, são a figura das graças que derramo sobre todos aqueles que me pedem e aos que trazem com fé minha medalha".
Não desperdicemos tantas graças! Peçamos com fervor, humildade e perseverança, e Maria Imaculada no-las alcançará.
            6º Dia - 3º Aparição - Contemplemos Maria, aparecendo à Santa Catarina, radiante de luz, cheia de bondade, rodeada de estrelas, e mandando cunhar uma medalha, prometendo a todos que a trouxerem com devoção e amor, muitas graças. Guardemos fervorosamente a Santa Medalha e como escudo, ela nos protegerá nos perigos.
            7º Dia - Súplica - Ó Virgem Milagrosa, Rainha excelsa, Imaculada Senhora, sede meu refúgio nesta terra, meu consolo nas tristezas e aflições, minha fortaleza e advogada na hora da morte.
            8º Dia - Súplica - Ó Virgem Imaculada da Medalha Milagrosa, fazei que esses raios luminosos que irradiam de vossas mãos virginais, iluminem minha inteligência para melhor conhecer o bem, e abrazem meu coração com vivos sentimentos de fé, esperança e caridade.
            9º Dia - Súplica - Ó Mãe Imaculada, fazei que a cruz de vossa Medalha brilhe sempre diante de meus olhos, suavize as penas da vida presente e me conduza à vida eterna.

terça-feira, 20 de maio de 2014

MAGNIFICAT

Queridos irmãos,
Neste mês de maio quero partilhar fatos lindos que aconteceram comigo, para que o nome de Nossa Mãezinha seja amado sempre e cada vez mais!
Outro dia, no horário do meu grupinho de oração, estávamos eu e uma querida irmãzinha de fé aguardando a chegada das participantes para dar inicio as nossas orações quando chegou uma moça e ajoelhou-se aos pés da imagem de Nossa Senhora.
De repente esta moça começou a chorar muito e eu imediatamente olhei para minha irmãzinha de fé, e juntas nos dirigimos até ela para perguntar se precisava de ajuda, se queria oração pois estávamos ali para isto.
Imediatamente ela disse que sim então, pegamos nossas Bíblias e terço e começamos a orar para ela.
Oramos bastante, o Espírito Santo foi conversando com ela através de nós, acalmando, animando, ajudando... através de revelações que ela confirmava e que se libertava.
Quando ela parou de chorar, estando bem mais calma, a minha irmãzinha de fé olhou para mim e disse: "Vamos rezar o Magnificat para ela!"
Isto porque temos este costume de sempre rezar esta linda oração de nossa Mãe, e eu disse que sim com a cabeça...
Com as nossas mãos postas na cabeça dela, começamos a rezar e qual não foi nossa surpresa quando ela nos acompanhou com a oração, em voz alta, não repetindo, mas nos acompanhando...
Ficamos muito felizes em ver que ela rezava e que, não só conhecia a oração, como sabia reza-la de cor, e quando terminou pedi que ela levantasse, dei um grande abraço e falei para ela que com certeza tudo se cumpriria segundo os desígnios de Deus na vida dela, porque estava ao lado de Maria que como boa mãe jamais negaria ajuda a uma filha que leva o Magnificat em seus lábios...
E para nossa surpresa ela olhou nos meus olhos, as lágrimas escorrendo, e me disse que nunca tinha ouvido o Magnificat e nem sabia rezar e não sabe como, mas os lábios dela nos acompanhavam e a voz saia sem que ela tivesse qualquer domínio sobre isto... Foi imediata a ação no coração desta mulher, que saiu da Igreja louvando e agradecendo a Deus e cheia de esperança e confiança no Senhor!
Outro fato lindo que aconteceu com a oração do Magnificat, foi quando visitei uma Senhora enferma junto com uma irmã para levar a Santa Eucarisita.
Fazia três dias que esta mulher enferma não se alimentava e estava no hospital muito mal, em estado terminal de câncer.
Quando chegamos no hospital, ela me viu e logo eu perguntei: Advinha quem eu trouxe? Ela imediatamente respondeu: JESUS! 
Rezamos bastante com ela, ela comungou e continuamos rezando... como esta Senhora foi um grande mulher de Deus (ela já faleceu) no ouvido dela comecei a lembrar os tempos iniciais da Renovação carismática que ela coordenou em nossa cidade, de como ela destemidamente pregava o evangelho e como o Espírito Santo agia de maneira maravilhosa nos encontros e experiências de orações e nas suas pregações...
Estas lembranças fizeram com que ela começasse a louvar e bendizer a Deus, mesmo com as dores horríveis que ela estava sentindo, sua voz não saia mas seus lábios se movimentavam neste louvor, apresentando um leve sorriso, de uma pureza, amor e verdade infinita... baixinho no ouvido dela fui dizendo o quanto ela foi importante na minha vida e como ela é a culpada pelo amor louco que tenho por Jesus, afinal ela foi uma das minhas mães espirituais... quando eu falei a palavra mãe, imediatamente senti no coração o quanto nossa senhora queria que ela lhe oferecesse a dor que estava sentindo no momento, podia sentir a presença forte de Maria naquele quarto de hospital, de braços abertos, olhando e sorrindo fixamente para aquela grande mulher de fé que presa na cama, estava totalmente rendida pela dor física que sentia no momento... então senti uma grande vontade de rezar o Magnificat... fui rezando em voz alta e minha amiga me acompanhando e a senhora enferma começou a rezar alto também com muita força, como nos velhos tempos, e quando nós terminamos, ela abriu os olhos, sorriu e na sequência entrou a enfermeira com o jantar... a filha desta senhora que estava nos acompanhando perguntou: "Mãe chegou o jantar a senhora vai comer hoje? (há três dias nada punha de alimento na boca)... e todos nós pudemos ver o milagre quando ela respondeu:
"SIM, estou com fome, vou tomar a sopa e comer a gelatina!" E me pediu:
"Stelinha, fique aqui até eu terminar.."
E a netinha dela, feliz, disse: "Nossa vó, que oração forte heim, não acredito que vai comer!!! Deus seja louvado!"
E, acreditem, ela sentou-se na cama e com aspecto renascido, alimentava-se e com ternura me olhava em agradecimento... e antes de ir embora falei em seu ouvido :" Jesus e Nossa Senhora estão loucos de amor pela senhora e não vêem a hora de estarem juntos para sempre!"
Do fundo do coração irmãos, não tem nada mais lindo do que você testemunhar a morte de alguém que desejou tanto o céu e que lutou tanto por tantos corações duros e frios para que conhecessem Jesus! O Evangelho sempre foi sua vida, acima de tudo e de todos, sempre Jesus, sempre Jesus!
Por isto queridos irmãos, nesta hora em que você agora lê estes testemunhos, convido-o a rezar comigo, e onde está escrito "Acolhe Israel" você coloque seu nome... vamos rezar:



MAGNIFICAT
A minh’alma engrandece o Senhor,
exulta meu espírito em  Deus, meu Salvador!
Porque olhou para a humildade de sua serva,
doravante as gerações hão de chamar-me de bendita!
O Poderoso fez em mim maravilhas,
  e Santo é seu nome!
Seu amor para sempre se estende,
sobre aqueles que O temem!
Manifesta o poder de seu braço,
dispersa os soberbos;
derruba os poderosos de seus tronos
e eleva os humildes;
sacia de bens os famintos,
 despede os ricos sem nada.
Acolhe Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,
como havia prometido a nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos para sempre!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre
Amém!


A PAZ!