segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Esquema para encontro sobre Virtudes Teologais


Que bom que Jesus nos concede a sede de conhecer e aprender sobre as coisas santas e que bom, ainda, que elas nunca se esgotam...
É o milagre da Boa Nova, sempre, sempre novidade em nosso coração Deus faz conhecer, aos corações sedentos, aos corações pobres, aos corações que O buscam sempre!
Hoje, especialmente vou passar um esquema para encontro sobre as Virtudes Teologais. Porém é só um esquema, você precisa se aprofundar lendo o Catecismo da Igreja Católica e as passagens Bíblicas referidas no esquema.
Espero que seja útil para você!
Bençãos e paz!


Virtudes Teologais.


Virtude = Disposição firme e constante para a prática do bem. Força moral. Ato virtuoso. Qualidade própria para produzir certos efeitos. Causa, razão. Validade, legitimidade.
As Virtudes Teologais são motivadas pelo próprio Deus em nós e têm por finalidade a nossa relação com Ele e com as coisas santas. Também fundamentam e animam o "agir moral cristão" , tornando vivas as nossas virtudes humanas. Na verdade são um penhor do Espírito Santo nas nossas faculdades. 
Um dos efeitos do nosso Batismo é propiciar as Virtudes Teologais e os dons do Espiríto Santo (Compêndio Do CIC - 263) em nós. Portanto, todo batizado tem como  "presente" de Deus a graça de desenvolver as Virtudes Teologais.
A nossa alma, na sua estrutura natural,  age através da inteligência + vontade. São cooperantes do nosso agir a nossa inteligência e a nossa vontade.
Nascemos com a nossa inteligência, porém, precisamos estudar para desenvolvê-la. A nossa vontade coopera para o desenvolvimento da nossa inteligência. Uns desenvolvem muito, outros pouco.
Na sua estrutura sobrenatural, a nossa alma depende das Virtudes Teologais e dos Dons do Espírito Santo que recebemos no Batismo.
Assim como para desenvolver a nossa inteligência precisamos agir com a nossa vontade, da mesma forma para desenvolver as Virtudes Teologais precisamos do ato de vontade que se faz através e com a ajuda do Espírito Santo.
Então, ao longo de nossa vida, Deus lança mão de acontecimentos e obstáculos no dia a dia, para que possamos desenvolver as Virtudes Teologais.
Nossa Senhora foi a única que recebeu estas virtudes teologais infusas.
Mas quais são as Virtudes Teologais?

FÉ - ESPERANÇA - CARIDADE.

Sendo assim, ao longo de nossa vida, Deus na sua Santíssima Providência, providenciará situações para que possamos desenvolver a graça santificante e um relacionamento íntimo com Ele através da Fé, da Esperança e da vivência do Amor.
As virtudes teologais, além da Palavra de Deus, da Liturgia da Igreja, fundamentam a nossa oração, pois juntamente com as situações cotidianas vamos encontrar Deus agindo em nossa vida.

O que é Fé?
Fé é a virtude através do qual nós cremos em Deus e em tudo o que Ele revelou e que a Igreja nos propõe crer.
Fé é uma DECISÃO.
É a certeza daquilo que não se vê.
É o primeiro contato com o homem com as realidades divinas.
Ler Hebreus 11.
A fé é ao mesmo tempo aceitação das verdades reveladas pela Palavra e pela Igreja e a confiança em Deus, que cumpre o que promete!
O que é Esperança?
Esperança é a virtude que nos auxilia a esperarmos de Deus o cumprimento de Suas Promessas e a perseverarmos até o fim da nossa vida terrena na certeza da vida eterna, do céu. A esperança nos impulsiona a viver a felicidade no céu, nas coisas santas, em Deus, sabendo que neste mundo viveremos muitas tribulações, nosso coração, motivado pela esperança, vive estas tribulações com paz e alegria por acreditar que Deus é fiel e cumprirá suas Promessas em nossa vida! A esperança não se apega no palpável, no humano e nas coisas deste mundo, mas é fundamentada pela fé em Deus e em tudo o que a Igreja nos propõe como Verdade. Não se apóia no homem, ou nas capacidades humanas, mas em Deus e no divino.
O que é Caridade?
A Caridade é a virtude que nos auxilia a amar a Deus sobre todas as coisas e ao nosso próximo como a nós mesmo. O amor que deseja a salvação de toda a humanidade e que aceita padecer pelo céu, para que outrem alcance a oportunidade de conhecer o céu. O amor é o fundamento de todas as outras virtudes. Sem amor, amor à Deus,  não sou nada e nada do que faço tem efeito salvífico. Minhas atitudes precisam ser motivadas pelo amor à Deus, sem ele nada sou, sem ele nada lucro!
Ler 1Cor 12.

"Amo-vos, Senhor, e a única graça que vos peço é de vos amar eternamente. Meu Deus, se a minha língua não pode repetir, a cada instante, que vos amo, quero que o meu coração vo-lo repita  toda as vezes que respiro."
(São João Maria Vianney)







Nenhum comentário:

Postar um comentário