terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

"Coragem, Ele te chama, Levanta-Te" (Mc10, 46-51)


Amado de Deus, seja bem vindo, que a graça e o amor de Deus inunde todo o seu ser neste momento, transforme o seu coração e te faça feliz!
Estamos juntos e unidos agora...coragem!
Hoje te convido  meditar na passagem do cego Bartimeu, Mc 10, 46-51... vou transcrever a Palavra, porque é fundamental que leia para compreender o que Deus quer nos falar e ensinar...
"Chegaram a Jericó. Ao sair de Jericó com os seus discípulos e grande multidão, estava sentado a beira do caminho, mendigando, o cego Bartimeu, filho de Timeu." (46)
A Palavra de Deus dá ao Bartimeu três características:
Ele é cego. Ele está sentado a beira do caminho. Ele é mendigo.
Vamos analisar estas características:
1.Cego: Sem luz, vive na escuridão. Cego na Palavra é aquele que não consegue ver, entender, perceber, o plano de Deus para a sua vida. Está nas trevas deste mundo, consegue ver sua vida apenas na visão mentirosa deste mundo...está sem esperança, na escuridão. (não se deixe seduzir pela escuridão deste mundo, o inimigo está aí para enganar-te, Jesus é o Caminho, a Verdade e a Vida, segui-O, depressa!)
2.Sentado a beira do caminho: Acomodado com sua situação. Estático. Não consegue modificar sua história e não a vive com intensidade. Está infeliz e desanimado. (não aceite uma vida sem sentido, lute para mudar, caminhe, levante, vá até Jesus, o ÚNICO que pode mudar a sua história de verdade, para verdade e em verdade!)
3.Mendigo:É um pedinte...está sempre de mãos estendidas para receber algo...não tem nada para dar e quer receber sempre...sua alegria e sua tristeza depende dos outros, não tem domínio de si mesmo, não tem posse de sua história...fica alegra quando ganha um pão, fica triste quando tem que mendigar...Lamenta, Murmura, quer que todos tenham dó dele, ele mesmo tem dó de sua própria vida...acha-se um coitado e infeliz...(a sua felicidade, amado de Deus, depende unicamente de Deus, não coloque este tesouro na mão de outras pessoas, não faça isto com voce mesmo e com os outros, seja dono do seu próprio coração e escolha ser feliz por Jesus, com Jesus e para Jesus)
"Quando ouviu que era Jesus, o Nazareno que passava começou a gritar: "Filho de Davi, Jesus, tem compaixão de mim. E muitos repreendiam para que se calasse. Ele porém, gritava mais ainda: "Filho de Davi, tem compaixão de mim." (47-48)
Embora cego, Bartimeu escutava...percebeu o "barulho" da multidão e sentiu que algo especial estava acontecendo. Há quanto tempo Bartimeu vivia a cegueira, estava a beira do caminho? Tanto tempo mendigando, uma vida inteirinha, e sempre a mesma coisa...mas hoje não, hoje tudo estava diferente, a multidão fazendo barulho, alguém importante estava passando...sentiu no coração um ardor diferente e viu ali uma chance nova para sua vida, a brisa que saiu do andar de Jesus tocou o seu coração e Ele percebeu que, enfim, alguém realmente, poderia lhe ajudar. O Evangelista Lucas, ao narrar este episódio, informa que Bartimeu, ao ouvir a multidão, perguntou o que estava acontecendo e : "Informaram-no que Jesus, o Nazareu, passava." (Lc 18, 35-43).  Então ele sentiu uma força especial e decidiu não perder a chance de mudar a sua vida. Percebeu ainda, que a sua imagem de cego, mendigo, a beira do caminho não tinha sido o suficiente para fazer aquele Homem Importante parar e, assim,  começou a gritar, a gritar, cada vez mais alto, com mais intensidade...a força do seu grito continha toda uma vida sem sentido, sem direção, sem luz, um grito de angústia e de esperança por uma nova chance, um grito de quem está cansado de sua própria história, UM GRITO DE FÉ! Fé manifestada pelo que dizia: "Jesus" nome que significa "aquele que salva"; "Filho de Davi" que significa uma linhagem real; "Tem compaixão de mim" que significa MUDA A MINHA SORTE!
Diz a Palavra que os discípulos de Jesus se incomodaram com o grito de Bartimeu e mandaram que se calasse...mas ele não deu ouvidos, não deixou que outros lhe tirassem a chance de mudar a sua vida e continua gritando, cada vez mais alto...(o mundo, as pessoas em nossa volta, também muitas vezes nos repreendem...continue gritando, amado de Deus, não desanime, mantenha a fé e a coragem e grite, grite por Jesus).
"Detendo-se Jesus disse: "Chamai-o!" Chamaram o cego, dizendo-lhe: "Coragem! Ele te chama! Levanta-te!" (49-50)
Jesus passa por Bartimeu e é lógico que o viu, nada passa desapercebido por Jesus...mas a mudança de Bartimeu dependia da sua vontade. Jesus quer nos curar todos, mas precisa que nós também queiramos ser curados. E, ainda, Jesus tem pressa, almas precisam ser salvas. Mas, o grito angustiado e ao mesmo tempo cheio de esperança daquele homem ressoa no coração de Deus. Jesus o escuta, percebe sua insistência. Jesus para e ordena aos seus discípulos, os mesmos que repreenderam Bartimeu, que o chame. Jesus quer que Bartimeu vá até Ele. Não basta gritar, não basta suplicar é preciso sair de si e ir até Jesus. Os discípulos que no inicio repreenderam Bartimeu agora, a pedido de Jesus, chamam-no para o verdadeiro encontro. Nenhuma alma que deseja ser salva será disperdiçada. Nenhuma ovelhinha será perdida. Jesus quer dar a salvação a todos que a desejam de coração sincero. Bartimeu, pela primeira vez na sua vida desejou mudar a sua sorte e sinceramente, de coração desapegado de seus problemas, quis ser curado. Os discípulos então disseram:
1.Coragem= Seja bravo, ousado. Seja constante e perseverante. Não tenha medo de lutar pelo céu!
2.Ele te chama= Nós te repreendemos mas Ele não! Ele percebeu a sua necessidade, Ele quer te ajudar!
3.Levanta-te= Sai da margem e entra no Caminho. Ande. Movimente-se. Faça a tua parte!
"Deixando o manto, deu um pulo e foi até Jesus. Então Jesus lhe disse: "Que queres que te faça? O cego respondeu: "Rabi! Que eu possa ver novamente!" Jesus lhe disse: "Vai a tua fé te salvou!". No mesmo instante ele recuperou a vista e o seguia no caminho." (50-52)
Bartimeu, então, motivado pelos discípulos tem três atitudes fundamentais:
1.Deixa o manto(15KG)= O pecado que encobria a sua história. A mentira sobre si mesmo. As desculpas pelos erros. A dó de si mesmo. O orgulho. A soberba. Enfim, Bartimeu deixa a "sua mascara". Este "falso porto seguro" que na verdade ao inves de lhe proteger, lhe impede de caminhar, de seguir verdadeiramente o seu caminho.(Não adianta, amado de Deus, Jesus conhece o nosso coração, sabe bem quem somos. É preciso estar de coração aberto diante d'Ele. A nossa cura, a nossa libertação, depende disto. Podemos até nos disfarçar diante dos outros de coitadinhos, mendigos, cegos, mas diante de Deus é preciso ser verdadeiro, reconhecer seus erros e limites, ser pobre de espírito.)
2.Dá um salto = Não basta levantar apenas, mas o esforço deve ser maior, sair de si, dar um salto. Significa, amado de Deus, passar sob minha própria concepção sobre a minha vida e acreditar no novo, em algo melhor que Deus preparou para minha história. Dar um salto significa um passo na fé!
Bartimeu obedece, para sua felicidade, chega até Jesus e prostra-se. Ouve, então, a pergunta: "O que queres que te faça?" O mundo imediatamente pensaria assim: "Como assim Jesus? Não vê que sou cego, mendigo,  coitadinho e ainda pergunta o que quero? Tá de brincadeira comigo? Quer me humilhar ainda mais?"
Mas Bartimeu não se deixa mover pelo orgulho e mesmo diante de todas aquelas pessoas que o observam, o criticam, o julgam, humilha-se diante de Deus e, deitado aos pés de Jesus pede a Luz: "Por favor, Jesus, deixe-me Te ver, estou Te sentindo, mas quero Te ver. Por favor, Jesus preciso te enxergar na minha história, na minha vida. Preciso da Luz. Ilumina-me!"
O milagre que nos faz enxergar a verdade, que nos faz ver o plano de Deus para nossa vida, a direção quer precisamos para exercer o plano e a vontade de Deus para nossa vida. Ele percebeu que somente seria feliz se esta vontade, se este plano acontecesse em sua vida!
E Jesus, cheio de amor e compaixão por aquele homem humilhado diante de tantas pessoas ali presentes, estende a mão para ele e diz: Vai, tua fé te salvou!
Jesus não fala claramente para Bartimeu: VÊ! Mas Ele compreende que no coração daquele homem havia fé suficiente para mudar a sua história e atende ao grito de Bartimeu no limite de sua fé! (amado de Deus, o limite da graça de Deus na sua vida é a sua fé...acredite bastante e receberá bastante, acredite pouco e receberás pouco...quem sonha pequeno recebe pequeno, quem sonha grandão recebe, pelo menos, médio!) Jesus mostra a Bartimeu que não existe limite para sua fé..."Acredite Filho e lute pelas suas conquistas, estarei do seu lado sempre!"
No mesmo instante, Bartimeu recuperou a vista...e viu Jesus. A ordem de Jesus, aliada a sua fé o fez ver a LUZ. E qual a primeira coisa que Bartimeu contempla? O olhar de Jesus, misericordioso, bom, compassivo, cheio de bondade e dentro dos olhos de Jesus o que Ele vê? A sua própria Imagem, ele se vê em Jesus. Através de Jesus ele consegue ver-se um novo homem. Havia uma multidão em volta deles, mas Jesus estava com os Olhos Benditos fixos nele, na sua vida, na sua história. Nunca mais Bartimeu O deixou, segui-O pelo Caminho, foi liberto, é feliz!


PAZ!

4 comentários:

  1. Lindo ....realmente precisamos aprender com eles...e ter a coragem de ler essa matéria. de principio pensamos que é grande...mas, qdo começamos a nos envolver lemos rapidinho e a Palavra nos enche de amor...não deixe de postar...é contagiante...um abraço

    ResponderExcluir
  2. Perfeito...Vou fazer uma reunião meditando essa palavra e foi otimo esse texto.Obrigada!!!

    ResponderExcluir
  3. Pedro Pereira Fernandes Neto2 de abril de 2014 17:40

    Fantástico. A cura do cego Bartimeu é uma das melhores passagens na vida das criaturas libertas pelo Senhor. Coragem, ele pode estar dizendo isso para mim, agora. Tenha fé. O Senhor pode. Ele é nossa luz, nosso amparo e nossa salvação. Amém

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que foi útil a você Pedro! Sim, com certeza o Senhor está sempre nos impulsionando a sair de nossas dores em direção ao grande e maravilhoso milagre de encontrá-Lo em nossa vida e sermos libertos!
      A PAZ

      Excluir