terça-feira, 10 de maio de 2011

Recadinho de Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face!

Amado de Deus, por várias vezes mencionei aqui no blog a minha amizade com Santa Teresinha, animando-lhe a buscar com ela uma relação mais intima e estreita.
Já postei a Novena das Rosas e declaro que, muitas foram as oportunidades em que Santa Teresinha me atendeu, dando-me a rosa e a graça!
É certo, também, que por muitas vezes a graça demorou muito, mas, também, em nenhuma das oportunidades que recebi a rosa fiquei sem a graça...Santa Teresinha sempre cumpre o que prometeu, intercede por nós junto a Jesus e nos alcança, por seus méritos, as graças que pedimos e que estão de acordo com os planos do Pai.
Na postagem do dia 21 de setembro de 2010 relatei uma das oportunidades de manifestação desta intimidade e amizade com Tereca, como eu a chamo carinhosamente...
Lembro-me ainda que terminei a minha novena do Sagrado Coração de Jesus, das nove primeiras sextas feiras do mês na festa de Santa Teresinha e, quando cheguei a missa perguntei para Jesus se tinha conseguido alcançar a graça de fazê-la com frutos. Ajoelhada e conversando com Jesus, antes de iniciar a missa, meu querido amigo Lazinho, já falecido, me falou: "Bem, hoje estava rezando quando no meu coração veio a sua imagem e do seu as imagens do Sagrado Coração de Jesus, do Imaculado Coração de Maria e da Tereca, Eles, o céu, estava muito feliz por voce ter alcançado uma graça..." Fiquei tão emocionada e feliz que não consigo aqui nem descrever o que senti...nossa o céu me respondeu rapidinho e lá estava a minha amiga, Tereca, intercedendo por mim novamente...
Hoje, com o coração cheio de preocupações que já se delongam há anos, principalmente pelo julgamento das pessoas que me vêem como uma amaldiçoada, iniciei uma novena a minha amiga, pedindo sua ajuda, e depois pedi a Ela que falasse comigo através de um  livro que tenho, de mensagens suas... veja que conselho maravilhoso ela me deu:







"Aquela que construíra a Igreja...


"Li, contava-nos Irmã Teresa, que um grande senhor, desejando construir uma igreja, publicou um édito proibindo a seus vassalos a menor esmola para esse fim, pois queria só para si toda a glória. Construiu-se assim a igreja. Um dia, porém, vendo uma pobre velhinha os cavalos que carregavam as pedras, subirem com dificuldade a colina, disse consigo mesma: "É proibido das dinheiro para ajudar a construção desse templo de Deus, gostaria entretanto de contribuir. E se eu ajudasse os pobres animais que trabalham inconscientemente nesta grande obra? O Senhor talvez ficasse contente?" Com alguns centavos, os últimos que possuía, comprou um feixe de feno e deu-o aos cavalos. 
"Terminada a igreja, o senhor quis celebrar a dedicação, e para isso mandou gravar na pedra seu nome e o de sua familia, como testemunho imortal de sua liberdade. Mas eis que no dia seguinte, este nome achava-se apagado e lia-se em seu lugar o de uma pobre mulher desconhecida. Furioso, mandou o senhor refazer a inscrição várias vezes. Repetia-se sempre o mesmo milagre. Finalmente ordenou que se fizessem pesquisas. Encontrando  a pobre mulher, perguntou-lhe se tinha dado alguma cousa para construir a igreja. Tremendo, ela o negou. Enfim assaltada de perguntas, lembrou-se do feixe de feno. Disse, então que, segundo  a proibição não dera dinheiro, mas unicamente auxiliara os cavalos, dando-lhes um pouco de feno. compreendeu-se então porque seu nome apareceu inscrito na pedra, e ninguém ousou apagá-lo.
"Assim, concluiu Teresa, vejam bem que o menor ato, o mais oculto, feito por amor tem, muitas vezes, mais valor que as grandes obras. Não é a santidade aparente das ações que vale,mas unicamente o amor que se põe nelas. Ninguém poderá dizer que não pode dar essas coisinhas a Deus, pois estão ao alcance de todos."
(Conselhos e Lembranças - Teresa de Lisieux - pg. 62)


Então, amado de Deus que trabalha no silêncio do seu coração, o desafio que te proponho hoje é a oração, reze, reze pelas pessoas que passarem na tua vida no dia de hoje, ajude-as a construir sua IGREJA, o seu CÉU...que sua oração seja o alimento que as sustentará...e, seja generoso!


PAZ


Nenhum comentário:

Postar um comentário