segunda-feira, 6 de março de 2017

ENCONTRO SOBRE A HIERARQUIA DOS ANJOS

Olá Amigos, a paz!
Diante de tantos questionamentos que meus catequizandos fizeram quanto a existência dos anjos, resolvi fazer um encontro sobre este assunto.
Até porque sempre os incentivo a ter um relacionamento com seu anjo da guarda, pedindo ajuda, luzes e proteção!
Quando rezamos o Credo Niceno-Constantinopolitano dizemos: "Creio em um só Deus, Pai Todo-Poderoso, criador do céu e da terra, / de todas as coisas visíveis e invisíveis", portanto, os anjos, ainda que invisíveis para nós, são criaturas de Deus e estão sob seu total domínio, sujeitos ao querer de Deus.
Mas é muito lindo conhecer um pouco sobre a Hierarquia dos Anjos, porque se vê tudo é muito bem organizado por Deus, que os têm sob seu domínio e ordem, estando os mesmos a serviço da Santíssima Trindade e de seus planos divinos, para nos auxiliar no Caminho para o Céu!
No próximo post falarei um pouco sobre a queda dos anjos, assim fica completo este assunto.
Espero que seja útil!
A PAZ!
"Nossa Senhora, Rainha dos Anjos, rogai por nós!"

A HIERARQUIA DOS ANJOS:

Segundo o critério da doutrina tradicional são nove ordens angélicas, divididas em 3 Coros ou Hierarquias: 1º Coro = Serafins, Querubins, Tronos; 2º Coro = Dominações, Virtudes e Postetades; 3º Coro = Principados, Arcanjos e Anjos.
Vou explicar cada um deles:
1º COROÉ formado pelos Santos Anjos que estão em íntimo contato com o Criador Dedicam-se a Amar, Adorar e Glorificar a DEUS numa constante e permanente frequência, em grau bem mais elevado que os outros Coros: Serafins, Querubins e Tronos.
1.SERAFIM = O nome “seraph” deriva do hebreu e significa “queimar completamente”. Segundo o conceito hebraico, o Serafim não é apenas um ser que “queima”, mas “que se consome” no amor ao Sumo Bem, que é o nosso Deus Altíssimo. Na Sagrada Escritura os Santos Anjos Serafins aparecem somente uma única vez, na visão de Isaias: (Is 6,1-2): ABRASAR, QUEIMAR-SE, CONSUMIR!
2.QUERUBIM São considerados guardas e mensageiros dos Mistérios Divinos, com a missão especial de transmitir Sabedoria. No início da criação, foram colocados pelo CRIADOR para guardar o caminho da Árvore da Vida.(Gn 3,24) Na Sagrada Escritura o nome dos Santos Anjos Querubins é o mais citado, aparecendo cerca de 80 vezes nos diversos livros. São também os Querubins os seres misteriosos que Ezequiel descreve na visão que teve, no momento de sua vocação: (Ez 10,12) Quando Moisés recebeu as prescrições para a construção da Arca da Aliança, onde o SENHOR habitou, o trono Divino foi colocado entre dois Querubins: (Ex 25,8-9.18-19) Estas considerações atestam que os Querubins são conhecedores dos Mistérios Divinos. 
Plenitude da Sabedoria e da Ciência tem a função de ser guardião das coisas celestes como em Gn 3,24.
3.TRONOSAcolhem em si a Grandeza do CRIADOR e a transmitem aos Santos Anjos de graus inferiores. São chamados “Sedes Dei” (Sede de DEUS).  Em síntese, os Tronos são aqueles Santos Anjos que apresentam aos Coros inferiores, o esplendor da Divina Onipotência. São os mensageiros da Justiça Divina. Trono da Realeza, atuam com os Querubins. Eles transmitem aos anjos da categoria inferior a Sabedoria de Deus (Ezequiel, 1, 19-21 e 24-28)

2º CORO: São os Santos Anjos que dirigem os Planos da Eterna Sabedoria, comunicando aqueles projetos aos Anjos da Terceira Hierarquia, que vigiam o comportamento da humanidade. Eles são responsáveis pelos acontecimentos no Universo. Esta Hierarquia é formada pelos seguintes Coros de Anjos: Dominações, Potestades e Virtudes.
4.DOMINAÇÕES = São os anjos que guardam as nações (Daniel 10, Juízes 6. As Dominações ou Domínios (do latim dominationes) têm a função de regular as atividades dos anjos inferiores, distribuem aos outros anjos as funçoes e seus mistérios e presidem os destinos das nações.
São aqueles da alta nobreza celeste. Sobre eles falou São Gregório: "Algumas fileiras do exército angélico chamam-se Dominações, porque o restante lhes são submissos, ou seja, lhe são obedientes." São enviados por Deus a missões mais relevantes e, também, são incluídos entre os Santos Anjos Ministros de Deus.
5.VIRTUDES = FORÇA - anjos que estão na manutenção do universo, dos astros. As Virtudes são os responsáveis pela manutenção do curso dos astros para que a ordem do universo seja preservada. Seu nome está associado ao grego dunamis, significando "poder" ou "força", e traduzido como virtudes em Efésios 1,21, seus atributos são a pureza e a fortaleza.
Eles cuidam da fidelidade das leis físicas e biológicas. Assim, eles também têm a missão de remover os obstáculos que querem interferir no perfeito cumprimento das ordens do CRIADOR. São considerados Anjos fortes e viris. Quem sofre de fraquezas físicas ou espirituais, deve invocar por meio de orações, o auxílio e a proteção de um Santo Anjo do Coro das Virtudes.
6.POTESTADES = As Potestades ou Potências são também chamadas de "condutores da ordem sagrada". Executam as grandes ações que tocam no governo universal. Eles são os portadores da consciência de toda a humanidade, os encarregados da sua história e de sua memória coletiva, estando relacionados com o pensamento superior = ideias, ética, religião e filosofia, além da política no seu sentido abstrato. Eles transmitem aquilo que deve ser feito, cuidando de modo especial da forma ou maneira como devem ser feitas as coisas. São os condutores da ordem sagrada. Pelo fato de transmitirem o poder que recebem de Deus, são espíritos de alta concentração, alcançando um grau muito elevado de contemplação do Criador.

3º CORO: É formada pelos Santos Anjos que executam as ordens do Altíssimo. Eles estão mais próximos de nós e conhecem a fundo a natureza de cada pessoa que devem assistir, a fim de poderem cumprir com exatidão a Vontade Divina: insinuando, avisando ou castigando, conforme o caso. Esta Hierarquia é formada pelos: Principados, Arcanjos e Anjos.
7.PRINCIPADOS = Os Principados, do latim principatus, são os anjos encarregados de receber as ordens das Dominações e Postetades e transmti-las aos reinos inferiores, e sua posição é representada simbolicamente pela coroa e cetro que usam. Guardam as cidades e os países.
Inspiram a arte, cultura, ciência.Cultura dos Países, Dioceses, Governo Maiores, inspiram Papas, pensadores, etc...Os Santos Anjos deste Coro são guias dos mensageiros Divinos. Não são enviados a missões modestas, ao contrário, são enviados a príncipes, reis, províncias, Dioceses, de conformidade com o honroso título de seu Coro. No livro de Daniel são também apresentados como protetores de povos: (Dn 10,13) Significa dizer, que são aqueles Anjos que levam as instruções e os avisos Divinos, ao conhecimento dos povos que lhe são confiados. Porém, quando esses mesmos povos recusam aceitar as mensagens do Senhor, os Principados transformam-se em Anjos Vingadores, e derramam as taças da ira Divina sobre eles, de forma a reconduzi-los através do castigo e da dor, de volta ao DEUS de Amor e Misericórdia que eles abandonaram propositalmente.
8.ARCANJOS =A ordem tradicional dos Coros Angélicos coloca os “Arcanjos” entre os “Principados” e os “Anjos”. Pelas funções que desempenha, acreditamos que ele deve estar colocado no mais alto Coro dos Santos Anjos. Gabriel também é chamado de Arcanjo, e da mesma maneira que Miguel, através das páginas da Sagrada Escritura, vê-se que é conhecedor dos mais profundos Mistérios de DEUS, inclusive foi Gabriel quem Anunciou a Maria que Ela estava cheia de graças e tinha sido escolhida pelo Criador, para Mãe de Deus Por outro lado, também Rafael é denominado pela Igreja como um Arcanjo. A respeito de Rafael, no Livro de Tobias, ele mesmo confirma que está diante de Deus:“Eu sou Rafael, um dos sete Anjos que estão sempre presentes e tem acesso junto à Glória do Senhor”. (Tb 12,15)
Chefes dos anjos, trazem mensagens extraordinárias que estão acima da compreensão humana. Seu caráter de mensageiros, ou intermediários, é assinalada pelo seu papel de elo entre os Pincipados e os Anjos interpretando e iluminando as ordens superiores para seus subordinados, além de inspirar misticamente as mentes e corações humanos para execução de atos de acordo com a vontade divina. Atuam assim como arautos dos desígnios divinos, tanto para os Anjos como para os homens, como foi no caso de Gabriel na Anunciação a Maria. A cultura popular faz deles protetores dos bons relacionamentos, da sabedoria e dos estudos, e guerreiros contra as ação de satanás.
Arcanjo significa = ANJO PRINCIPAL ou CHEFE, o primeiro ou principal governante. Este título é o mencionado no Novo Testamento por duas vezes e a esta ordem pertencem os únicos anjos cujos nomes são conhecidos através da Bíblia, qual seja = Miguel, Gabriel e Rafael. 
Miguel é especificamente citado como "O" arcanjo, ao passo que, embora se presuma pela tradição que Gabriel também seja um arcanjo, não há referências sólidas a respeito. Rafael descreve a si mesmo como um dos sete Anjos que estão diante do Senhor classe de seres mencionadas também no Apocalipse.
RAFAEL = DEUS CURA
GABRIEL = TRAZ BOAS NOVAS  - acompanha o advento da Salvação
DANIEL 9, 20-21; Lc 1,19 e Lc 1, 26-27.
MIGUEL = QUEM COMO DEUS - anjo do combate - Luta com satanás e vence-o com o argumento final :"QUEM COMO DEUS?" A espada de São Miguel, portanto, é a Palavra de Deus, pois a luta com satanás é ideológica, uma luta de ideias onde satanás usa de mentiras e Miguel com a verdade da Palavra.
Ap. 12,7-9
9.ANJOS = são os seres angélicos mais próximos do ser humano, o último grau da hierarquia angélica. A tradição hebraica, de onde nasceu a Bíblia, está cheia de alusões a seres celestiais identificados como anjos, e que ocasionalmente aparecem aos seres humano trazendo ordens divinas.
São dotados de vários poderes supernaturais, como o de se tornarem visíveis e invisíveis à vontade, voar, operar milagres diversos e consumir sacrifícios com seu toque de fogo. Feitos de luz e fogo sua aparição é imediatamente reconhecida com ode origem divina também por sua extraordinária beleza. Segundo a tradição católica os anjos são designações de cargos, não de natureza. Para Deus, apesar dos vários cargos angelicais, todos são anjos e todos são iguais perante Ele.
Eles  recebem as ordens dos Coros superiores e as executam. Outro aspecto que não pode ser esquecido, é o fato de que os Santos Anjos, guardadas as devidas proporções, estão mais perto da humanidade e por assim dizer, convivendo conosco e prestando um serviço silencioso mas de valor incomensurável à cada pessoa. O Criador inspirou o escritor sagrado no Livro Êxodo, da Bíblia Sagrada: “Eis que envio um Anjo diante de ti, para que te guarde pelo caminho e te conduza ao lugar que tenho preparado para ti. Respeita a sua presença e observa a sua voz, e não lhe sejas rebelde, porque não perdoará a vossa transgressão, pois nele está o Meu Nome. Mas se escutares fielmente a sua voz e fizeres o que te disser, então serei inimigo dos teus inimigos e adversário dos teus adversários”. (Ex 23,20-22)