segunda-feira, 14 de abril de 2014

SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS QUE SOFRE ABANDONO NO ALTAR!

Olá queridos irmãos!

"JESUS MESMO NA SUA PAIXÃO, NÃO RECEBEU TANTAS HUMILHAÇÕES COMO NO SANTISSIMO SACRAMENTO! A TERRA É PARA ELE UM CALVÁRIO DE IGNOMÍNIA."(São Pedro Julião Eymard)


Este apóstolo da Eucaristia, nos ensina que Jesus sofre muito mais no abandono da Eucaristia do que na sua Paixão.
Também São Pedro nos diz que quando estivermos diante do Pai, no momento do julgamento, vamos TREMER de PAVOR pelas vezes em que abandonamos Jesus Eucarístico, pelo AMOR que desprezamos, na indiferença, no egoísmo, no comodismo...quando ouvi isto, meus irmãos, meu coração tremeu de pavor pela possibilidade de algum dia ter ofendido meu Senhor Eucarístico e, graças a Deus ainda em vida, pedi ao Senhor que jamais o possa abandonar solitário na Eucaristia...
Na Eucaristia,  Jesus por livre e espontânea vontade,  se torna preso e dependente do nosso amor, e se faz solitário nos Sacrários deste mundo, sofrendo o abandono, a indiferença, o esquecimento de tantos...
Mais uma vez, livremente, o Senhor se oferece por cada um de nós e, mesmo depois de ter se entregado na Paixão, ainda quer estar preso na Eucaristia, e como sofre nosso Senhor por cada um de nós, desejando ardentemente estar conosco na Santa Comunhão. E este Sagrado Coração, que tanto sofreu por amor, está vivo, ativo na Eucaristia,  não é morto e insensível, ao contrário, ainda mais nos ama e nos espera diariamente...
Lembro muito e gosto sempre de partilhar um fato que aconteceu comigo quando eu era ministra de eucaristia. Em uma quinta feira santa, depois de distribuída a comunhão em duas espécies, na credência organizada ao lado do altar, nós ministros tivemos que consumir muitos cálices do Sangue de Jesus...
Aquela cena tocou imensamente meu coração e comecei a chorar sem parar, não conseguia conter minhas lágrimas, e olhava para os ministros e para o meu coração que consumia aquele cálice... quando o Senhor falou em meu coração:
"Minha filha, chora pelos que não me amam, não me adoram, não creem em mim e não me esperam... são tantos que esperei e hoje não vieram, chora por eles, porque o inimigo os venceu... chora por estes filhos que não vieram a mim hoje, nesta quinta feira, quando os esperava ardentemente... olha quanto sangue derramado filha, olha quanto sangue desprezado.. até quando, filha, até quando sofrerei a indiferença dos meus filhos amados? Consola-me hoje com suas lágrimas minha filha!"
E eu não conseguia me conter, tamanha dor e tristeza que se apoderou do meu coração...

"Ah! Jesus procurava um consolador em sua agonia, suspirava, no alto da Cruz, por quem compartilhasse de sua dor profunda! Hoje em dia, porém, mais do que nunca, é necessária a reparação para com o Coração adorável de Jesus!" (São Pedro Julião Eymard)

Meu coração sempre se comove com os Milagres Eucarísticos acontecidos durante os tempos, não que precise deles para meu convencimento, porque estes sinais não são para os que acreditam, pois para quem crê nenhuma prova é necessária "Felizes os que, sem terem visto, creram!" (João20,29), mas ao contrário, estes sinais são como um grito de dor pelo abandono daqueles que não creem!
Então, comovida que fiquei com estes milagre eucaristico acontecido na Argentina no ano de 1996, vou postar toda a matéria publicada no site do Padre Paulo Ricardo, que muito eu respeito e acredito.
Segue, então, querido irmão, para teu conhecimento e para que sua fé aumente cada vez mais e ame, ame, ame, ame cada vez mais Jesus Eucarístico!
A PAZ!

Fonte: https://padrepauloricardo.org/blog/papa-francisco-e-o-milagre-eucaristico-de-buenos-aires


O atual Papa Francisco conduziu investigação para comprovar um dos maiores milagres eucarísticos da história recente, ocorrido em Buenos Aires em 1996.
Foi o chamado Milagre Eucarístico de Buenos Aires, onde uma Hóstia Consagrada tornou-se Carne e Sangue. O Cardeal Jorge Bergoglio, Arcebispo de Buenos Aires, hoje Papa Francisco, ordenou que se chamasse um fotógrafo profissional para tirar fotos do acontecimento para que os fatos não se perdessem. Depois foram conduzidas pesquisas de laboratório coordenadas pelo Dr. Castanon.
Os Estudos mostraram que a matéria colhida da Hóstia era uma parte do ventrículo esquerdo, músculo do coração de uma pessoa com cerca de 30 anos, sangue tipo AB de uma pessoa que tivesse sofrido muito com a morte, tendo sido golpeado e espancado. Os cientistas que realizaram o exame e os estudos não sabiam que era material proveniente de uma Hóstia Consagrada, isso só lhes foi revelado após a análise, e foram surpreendidos porque haviam encontrado glóbulos vermelhos, glóbulos brancos pulsando durante a análise, como se o material tivesse sido colhido direto de um coração ainda vivo.
A Hóstia Consagrada tornou-se Carne e Sangue
Às 19h de 18 de agosto de 1996, o Padre Alejandro Pezet celebrava a Santa Missa em uma igreja no centro comercial de Buenos Aires. Como estava já terminando a distribuição da Sagrada Comunhão, uma mulher veio até a ele e informou que tinha encontrado uma hóstia descartada em um candelabro na parte de trás da igreja. Chegando ao lugar indicado, o Padre Alejandro Pezet viu a hóstia profanada. Como ele não pudesse consumi-la, colocou-a em uma tigela com água, como manda a norma local, e colocou-a no Santuário da Capela do Santíssimo Sacramento, aguardando que dissolvesse na água.
Na segunda-feira, 26 de agosto, ao abrir o Tabernáculo, viu com espanto que a Hóstia havia se tornado uma substância sangrenta. Relatou o fato então ao Arcebispo local, Cardeal Dom Jorge Bergoglio, que determinou que a Hóstia fosse fotografada profissionalmente. As fotos foram tiradas em 6 de setembro de 1996. Mostram claramente que a Hóstia, que se tornou um pedaço de Carne sangrenta, tinha aumentado consideravelmente de tamanho.
Análises Clínicas
Durante anos, a Hóstia permaneceu no Tabernáculo e o acontecimento foi mantido em segredo estrito. Desde que a Hóstia não sofreu decomposição visível, o Cardeal Bergoglio decidiu mandar analisá-la cientificamente.
Uma amostra do Tecido foi enviado para um laboratório em Buenos Aires. O laboratório relatou ter encontrado células vermelhas e brancas do sangue e do tecido de um coração humano. O laboratório também informou que a amostra de Tecido apresentava características de material humano ainda vivo, com as células pulsantes como se estivessem em um coração.
Testes e análises clínicas: "Não há explicação científica"
Em 1999, foi solicitado ao Dr. Ricardo Castañón Gomez que realizasse alguns testes adicionais. Em 5 de outubro de 1999, na presença de representantes do Cardeal Bergoglio, o Dr. Castañón retirou amostras do tecido ensanguentado e enviou a Nova York para análises complementares. Para não prejudicar o estudo, propositalmente não foi informado à equipe de cientistas a sua verdadeira origem.
O laboratório relatou que a amostra foi recebida do tecido do músculo do coração de um ser humano ainda vivo.
Cinco anos mais tarde (2004), o Dr. Gomez contatou o Dr. Frederic Zugibe e pediu para avaliar uma amostra de teste, novamente mantendo em sigilo a origem da amostra. Dr. Zugibe, cardiologista renomado, determinou que a matéria analisada era constituída de "carne e sangue" humanos. O médico declarou o seguinte:
"O material analisado é um fragmento do músculo cardíaco que se encontra na parede do ventrículo esquerdo, músculo é responsável pela contração do coração. O ventrículo cardíaco esquerdo bombeia sangue para todas as partes do corpo. O músculo cardíaco tinha uma condição inflamatória e um grande número de células brancas do sangue, o que indica que o coração estava vivo no momento da colheita da amostra, já que as células brancas do sangue morrem fora de um organismo vivo. Além do mais, essas células brancas do sangue haviam penetrado no tecido, o que indica ainda que o coração estava sob estresse severo, como se o proprietário tivesse sido espancado."
Evidentemente, foi uma grande surpresa para o cardiologista saber a verdadeira origem do tecido. Dois cientistas australianos, o cientista Mike Willesee e o advogado Ron Tesoriero, testemunharam os testes. Ao saberem de onde a amostra tinha sido recolhida, demonstraram grande surpresa. Racional, Mike Willesee perguntou ao médico por quanto tempo as células brancas do sangue teriam permanecido vivas se tivessem vindo de um pedaço de tecido humano que permaneceu na água. "Elas deixariam de existir em questão de minutos", disse o Dr. Zugibe. O médico foi então informado que a fonte da Amostra fora inicialmente deixada em água durante um mês e, em seguida, durante três anos em um recipiente com água destilada, sendo depois retirada para análise.
Dr. Mike Willesee Zugibe declarou que não há maneira de explicar cientificamente este fato: "Como e por que uma Hóstia Consagrada pode mudar e tornar-se Carne e Sangue humanos? Permanece um mistério inexplicável para a ciência, um mistério totalmente fora da minha jurisdição".

sexta-feira, 11 de abril de 2014

HORA SANTA PARA CATEQUESE, EM FAMÍLIA!

Queridos de Deus!
Estamos próximos da sexta feira da Paixão e sei que muitas comunidades e paróquias estão preparando os momentos de reflexão e adoração ao Santíssimo Sacramento.

Na maioria das paróquias, e é o que acontece na minha, os momentos são divididos entre as pastorais, e a catequese fica sempre responsável por uma hora de adoração.
Vou postar hoje um material que preparei para este momento de adoração para a catequese, fazendo uma reflexão com a família e espero que seja útil para você, querido(a) amigo(a) catequista!
Deus seja louvado por este maravilhoso ministério que é a catequese e que possamos sempre nos unir para melhor desempenha-lo, partilhando nossas pequenas conquistas!
Uma santa e feliz Semana Santa para todos!
A PAZ!
Abaixo segue o material!

HORA SANTA CATEQUESE

Cantos ao Espírito Santo.

Leitor 1: Neste momento, diante de Jesus sacramentado, presente na Eucaristia, nesta sexta feira santa, vamos silenciar o nosso coração para nos unir inteiramente a este Deus que, nesta hora, precisa de nós.
Canto: Noite traiçoeira.
Leitor 1: No íntimo do nosso ser, vamos reconhecer todo o maravilhoso plano de salvação que Deus operou por cada um de nós, a entrega total de Jesus por cada um de nós. Fechando nossos olhos, vamos meditar no fato de que, mesmo que fossemos o único nesta terra, ainda assim, ainda que fosse só por mim, só por você, Jesus se entregaria para nos salvar.
A sentença de Jesus foi decretada, sem que Ele se defendesse, sem que alguém O defendesse...e Jesus aceitou-a livremente, ninguém O obrigou a isto, Ele deu-se por amor, simplesmente, por amor e não Lhe pouparam nada e sobre seus Digníssimos Ombros colocaram a Cruz, pesada, fria... a Cruz dos nossos pecados, de nossa ingratidão, da nossa frieza, da nossa indiferença, do nosso esquecimento, do nosso egoísmo, do nosso desamor...
Medite agora o quanto este Deus te ama...  o Amor do Pai que entregou seu Filho por você, o amor do Filho que se entregou por você, e o amor do Pai e do Filho que agora habita em teu coração pelo Espírito Santo.

Todos: Jesus Sacramentado, nosso Deus amado, neste momento quero estar unido a Ti, ofereço meu coração, todo meu ser, para Te adorar, para louvar e bendizer por todo seu sofrimento, por todo Preciosíssimo Sangue derramado por cada um de nós.
Canto: Quem poderá resistir...

Leitor 1: Pensa, filho de Deus, que este amor louco de Deus por você, foi ao extremo, até a última gota do Sangue Preciosíssimo. Pensa que livremente Ele aceitou a Cruz por você e o que você tem feito por Ele?
Como temos agradecido este Amor? Como temos amado a Cruz de Jesus? Pede agora, filho de Deus, forças ao Senhor para amá-LO com a batida do teu coração e de todos aqueles que ainda não O amam, não O adoram, não Creem n’Ele, não O esperam...
Põe a mão no teu coração agora, sente a batida, lentamente, sente que a vida existe em tua pessoa, e que você está aqui hoje e que Deus conta com você na situação em que encontra sua vida neste momento, na sua família, no seu trabalho, na sua comunidade... ama o Teu Senhor em todos aqueles que convivem contigo... Jesus precisa de muitos Cirineus, muitas pessoas que O ajudem neste plano maravilhoso do Pai de Salvação... e hoje, nesta manhã, o convite é para você...
O mundo hoje tem repugnância da Cruz, o sentido do sofrimento perdeu-se por uma busca incessante do próprio prazer, da própria felicidade, não é este o convite que Deus nos faz... hoje, filho de Deus, Jesus te convida a segui-lO no calvário, na Via Sacra... afinal amor com amor se paga!
O mundo quer que você despreze a cruz, mas Deus lhe pede: Nega-te e tome a sua Cruz, então estará devolvendo Amor com Amor!
Por isso, com a mão ainda no teu pobre coração diz:

Todos: Jesus meu coração quer estar contigo na Cruz! Coração meu, coração meu, não se engane, não existe melhor meio de amar o Teu Senhor senão encontra-LO na CRUZ!

Canto: Venho Senhor minha vida oferecer....

Leitor 2: Jesus quer estar em todos as situações de sua vida, Jesus quer estar no seu trabalho, Jesus quer estar na sua família, Jesus quer estar na sua escola...
Ele te convida agora, a entregar as cruzes que têm enfrentado na sua Família... reconheça que nos dias de hoje, as pessoas chamam de cruzes todas as coisas desagradáveis que acontecem na vida familiar e, por este engano, não sabem leva-las como filhos de Deus, como seguidores de Jesus,  levam-na com desgosto, com murmúrios, com reclamações, não a aceitam, recusam-na e nas famílias, Jesus sofre a indiferença, o egoísmo, ao ver que cada um luta pela própria felicidade... perdeu-se o sentido do sacrifício por amor, esqueceram do compromisso que assumimos e comungamos no altar do Senhor...

Todos: Senhor eu comungo contigo, quero seguir-Te, me ajude a aceitar a minha cruz e a carrega-la com amor, com confiança, com esperança, com a certeza de que me vês, me ouves, e estas comigo. Perdoa-me Senhor, se meu coração tem repugnado a cruz. Perdoa-me Senhor porque muitas vezes me esqueço que na Tua Paixão nos mostrou que a Cruz deixou de ser um símbolo de castigo, mas consiste no sinal de Vitória, da Tua Vitória, da nossa vitória em Ti!

Canto: Ninguém te ama como eu...

Leitor 2: Procure a simplicidade, filho de Deus, abre o teu coração. Olha em tua volta, tudo o que Deus te concedeu de bom, olha que ainda nem tudo está perdido... abrace tua cruz, segue adiante, com mais amor, com mais confiança, com mais carinho, com mais fortaleza... refugia-te no Coração Sagrado de Jesus, este Coração que solitário tantas vezes te espera no Sacrário, para te consolar, para te instruir, para te animar... esta é a tua segurança, a tua alegria em saber que Deus aí está na Eucaristia para estar contigo, para te alimentar... Ele não te abandona jamais! Lembra que é você quem O abandona sempre...
Agora Jesus quer falar com cada um de nós em particular, na função que Ele nos colocou em nossa família... viver em família é calar-se, perdoar-se, e hoje, aqui nesta sexta feira santa, o convite de Jesus é ao arrependimento, pois ainda há tempo para mudar o rumo de sua família, para adequa-la aos planos e sonhos de Deus para uma família santa! Jesus te convida família de Deus, a ser luz ao meio da escuridão deste mundo e por isto, fala a cada um de nós!
Leitor 3 (preferencia um homem): Jesus quer falar com você pai, que tem carregado a pesada cruz do sustento de sua família. A pesada cruz da direção e decisões de sua família, o dever de correção dos filhos, de defende-los contra o mau exemplo, principalmente através do seu bom exemplo...Jesus quer te convidar a entregar para Ele o timão de sua família, o leme, para que possa Ele conduzir e levar o barquinho da tua casa no infinito mar de Sua misericórdia... Jesus quer te falar que sabe de tuas lutas, de teus medos, reconhece o quanto faz pela tua família... Jesus quer agora te convidar a unir todo o seu suor sagrado ao Suor Digníssimo e Sagrado d’Ele... e te convida ao arrependimento...
PAIS: Senhor, nesta manhã, quero te pedir perdão pelas vezes que não fui fiel ao plano de amor que traçou para minha família. Pelas vezes que não fui exemplo de cristão. Pelas vezes que não soube valorizar o sacrifício que faço pelos meus. Pelas vezes que fui egoísta, soberbo, indiferente, calado. Pelas vezes que não me posicionei, que não me deixei alcançar pelos meus filhos e pela minha esposa, por não me comprometer contigo. Me perdoa Senhor se não sou luz para meus filhos, para minha esposa. Perdoa pelos murmúrios, pelas reclamações, pelas indignações, pelos medos, pela falta de confiança na Tua Providência, me perdoa Senhor, por não procurar ser como seu pai, São José. Perdoa Senhor se não consegui convencer os meus filhos e esposa que a Fé em Ti é o maior tesouro que podemos ter na vida e não os bens materiais.

Canto: Perdão Senhor, tantos erros cometi...

Leitor 4 (de preferencia uma mãe): Jesus quer falar agora com você mãe...quer te dizer que o amor de Deus se exerce por meio do teu amor materno e, por isto, quer te convidar a unir o teu coração ao d’Ele, todo o teu sacrifício no cuidado do lar, na roupa que você lava e passa, na casa que você arruma, na comida que prepara, na louça que lava... o Senhor quer estar com você nesta tua função tão simples e tão importante de cuidar do teu lar. Mas também quer falar com a mãe que, apesar de todas estas coisas, ainda trabalha para fora, ajudando ao seu esposo no sustento do lar... Jesus sabe, mãe, que muitas vezes parece que o mundo vai desabar em tua cabeça, em tua volta e não vê saída...mais te convida a seguir adiante, a entregar ao Pai, em nome do Sangue Precioso que hoje se derrama no calvário, tudo o que te preocupa, seu marido, as finanças da família, seus filhos, a necessidade de, muitas vezes,  deixa-los para ir trabalhar... Jesus conhece suas dores e lutas mais te pede que se espelhe na Sua Santíssima Mãe, e se prostre, e se dobre diante do mistério da permissão de Deus na vida dos seus, acreditando que tudo é providência, tudo concorre para o bem da sua família... como Maria Santíssima agora, fala ao Senhor:
MÃES: Jesus Sacramentado, meu Senhor e meu Deus, neste momento eu me entrego a Ti, e me prostro e me dobro diante da Tua Paixão, da Tua dor, e de todas as dores que tenho enfrentado na minha condição de mãe e esposa e te peço, Senhor, com toda força do meu ser, pelo amor divino e materno que coloca em meu coração, como Maria Santíssima eu digo: EIS-ME AQUI SENHOR, A TUA SERVA E TE PEÇO CUMPRA-SE E FAÇA-SE NA SUA INTEGRALIDADE OS DESÍGNIOS DE DEUS PARA MINHA FAMÍLIA, SOBRE O MEU MATRIMÔNIO, SOBRE A VIDA DO MEU ESPOSO, SOBRE A MINHA VIDA, SOBRE A VIDA DOS MEUS FILHOS!  Perdoa-me Senhor pelos meus murmúrios e reclamações, pelo meu desleixo, pela minha falta de confiança e fé, pelos meus medos e desanimo, por muitas vezes não ser luz na minha família, pelos meus não conseguirem ver em mim nenhuma característica de Sua Santíssima Mãe... perdoa Senhor por as vezes sonhar demais e desejar o que não tenho, por não aceitar o que Deus desejou para mim...

Canto: Santa, santa Maria... ou Vem Maria, vem.

Leitor 5 (de preferência um catequizando)  :Vocês filhos, catequizandos que estão presentes aqui, neste momento de adoração, agora é com vocês que Jesus quer falar... Jesus quer que reconheça todo o sacrifício de seus pais na sua educação e sustento e pela sua colaboração no convívio e harmonia do lar, pelas pequenas obrigações que a tua condição te filho te impõem, pelas vezes que ao invés de alegria, trouxe para meus pais desgosto, decepção. Jesus quer que você, consagre o amor de sua mãe que te deu vida e do seu pai que te sustenta e pela dedicação de ambos para seu bem. Feche os seus olhos e entregue agora seus pais ao Coração de Jesus e depois, então, Nosso Senhor te convida a rezar:
FILHOS: Jesus hoje estou aqui em Tua Presença e te peço perdão por tudo o que tenho feito e que não te agrada Senhor. Perdão por desprezar os sacrifícios de meus pais e por não me empenhar nos estudos, por ser um mau aluno, por não me esforçar para dar o melhor de mim na escola e fazer valer todo esforço que meus pais desempenham para me sustentar. Perdão por pedir muitas coisas aos meus pais, coisas que não necessito, por colocar a pesada cruz dos meus mimos nos ombros dos meus pais e com isto faze-los muitas vezes, trabalhar mais do que é necessário. Perdão por não cuidar das minhas coisas, por não valorizar o pouco ou muito que tenho, por não saber partilhar o que tenho. Perdão por não obedecer aos meus pais, por responder, por brigar com meus irmãos, por tirar muitas vezes a harmonia do lar. Perdão por não colaborar no lar, por deixar as coisas desarrumadas, por não ajudar minha mãe e quando não aceito e acato as correções dos meus pais.
Canto: Oração de São Francisco.

Rezemos todos juntos:
Louvo as chagas e o Sangue do Cordeiro,que curam as fraquezas do meu corpo.
Louvo as chagas e o Sangue do Cordeiro,
que curam as fraquezas da minha alma.
Louvo as chagas e o Sangue do Cordeiro,
que curam as fraquezas do meu espírito.
Adoração ao Cordeiro de Deus que derramou
Seu Sangue por nós em agonia!
No Seu Sangue há poder para perdoar.
No Seu Sangue há poder para purificar.
No Seu Sangue há poder para salvar.
No Seu Sangue há poder para libertar.
No Seu Sangue há poder para vencer.
No Seu Sangue há poder para renovar.
No Seu Sangue há poder para proteger.
Para aquele que crê no poder do
Sangue de Jesus, nada é impossível.
Louvo o Sangue do Cordeiro, que cobre todos
os meus pecados, para que não mais sejam vistos.
Louvo o Sangue do Cordeiro, que me purifica de
todos meus pecados e me torna alvo como a neve.


Leitor 1: Jesus, no calvário agora pergunta:
Leitor 3: Pais e Mães, você não amam seus filhos apaixonadamente?
Leitor 4: Esposos, não se amam profundamente?
Leitor 5: Filhos, existe alguém em sua vida que mereça melhor lugar em seu coração que não seus pais?
Leitor 1: Assim, filhos de Deus, neste momento, nesta hora, reverta todo este amor para Jesus. Só existe um amor, o amor que sentem um pelo outro na família, este amor vem do Coração de Deus, subsiste por esta Sangue Precioso derramado por nós.
Leitor 4: Pais! Amai o Santíssimo Sacramento como ama sua família! Sacrifique-se por Ele como o faz pela sua família! Gaste teu tempo com Ele como gasta em teus ofícios!
Leitor 3: Mães! Amai o Santíssimo Sacramento como o seu coração de mãe, amai-O como a um filho! Amai-O como seu esposo!
Leitor 5: Filhos! Amai o Santíssimo Sacramento como vossos pais!
Leitor 1: Família de Deus, Adorai a Jesus sobre o trono do seu coração, apoiando-vos n’Ele, no ardente amor que sente por vocês. Exaltai-O, oferecei-Lhe em homenagem de adoração e de total submissão as chaves da sua casa, de tudo o que tem e são. Proclamai-O agora, neste momento, Senhor de suas vidas, e dizei que sois feliz por tê-Lo encontrado!
Canto : Podes Reinar.
Ofereçamos tudo pelas mãos de Maria Santíssima, rezando, em pé e de mãos dadas, esta Ave-Maria:


Para terminar, convidamos a todos a se achegar junto ao Senhor presente no Santíssimo Sacramento, em família, afim de receber d’Ele, do Senhor da Glória, do Senhor da Graça, a benção para suas vidas!

quinta-feira, 3 de abril de 2014

ENCONTRO SOBRE ORAÇÃO


"ORAÇÃO é por assim dizer a santidade, pelo menos em princípio, visto que é o canal de todas as graças.
Somos verdadeiros templos do Espírito Santo (1Cor 3,16; 6,19) e um templo é a casa de oração." (São Pedro Julião Eymard)


Olá amigos catequistas!!
Hoje vou postar um esquema (resumo) sobre ORAÇÃO! 
Como é extenso pode-se dividir em mais de um encontro...
Espero que seja útil!
Deus abençoe a todos nós!
A PAZ!
ORAÇÃO

Santa Terezinha assim define: " Oração é um impulso do coração, é um simples olhar lançado ao céu, um grito de reconhecimento e o amor no meio da provação ou no meio da alegria."
DEUS DESEJA QUE TENHAMOS UMA RELAÇÃO VIVA E PESSOAL COM ELE!
Esta relação é que chamamos de ORAÇÃO!

1.Oração é um dom de Deus
É um dom que nos é dado pois Deus tem sede de que tenhamos sede d'Ele! Portanto, a oração é um encontro entre a sede de Deus e a nossa.
É o coração que reza, portanto, se ele está longe de Deus nossa oração é vazia e sem fruto.
2.Oração é um aliança, é comunhão: Vida de oração consiste em estar continua e habitualmente na presença de DEUS.
É Deus quem nos chama a rezar:
Antigo Testamento:
1.Abraão - Deus o chama e o convida a uma nova vida. Abraão nos ensina a oração por atos e palavra: 
- Construiu um altar para Deus = homem do silêncio que aprendeu a confiar e se abandonar em Deus;
-Depois Abraão nos ensina a oração por Palavras quando questiona Deus pela demora no cumprimento de suas promessas. Deste fato, Abraão nos revela o drama da oração que é a provação da fé pela fidelidade e espera em Deus.
2.Jacó - nos revela o combate na oração quando relata a luta com o anjo de Deus - Gen 32, 25-31.
3.Moisés - Também é Deus que o chama através da sarça ardente. 
A Moisés também é revelado o poder da oração: "Toda a minha casa lhe está confiada. Falo-lhe face a face, claramente e não em enigmas" (Num 12, 7-8).
Moisés nos ensina que é na intimidade com Deus que tiramos força e tenacidade para interceder e caminhar na fé.
(TENACIDADE - Perseverança, obstinação; estado que não se cosegue quebrar - tenacidade de uma pedra).
4.Davi - Também nos ensina a oração através dos salmos como forma de nos reconciliarmos com Deus, de nos preparar para uma batalha, de agradecimento e louvor, em todas as circunstâncias de nossa vida podemos estar em contato com Deus através da oração. Também Davi, nos mostra a importância da oração para que a vontade de Deus se cumpra em nossa vida.
4.Elias - Elias no combate do Monte Carmelo nos revela que a oração fervoroso da justo tem grande poder .
Diante da assembléia pede a Deus: "Responde-me" e tem d'Ele a resposta imediata através da concessão do milagre pedido - 1 Rs 18,37-39.
5.Profetas - Todos os profetas nos ensinam a escuta da Palavra de Deus, um debate com Ele, uma queixa, sempre uma intercessão pelo povo que aguarda e espera a intervenção de Deus salvador, Senhor da História, da nossa história! - CIC 2584.
6.SALMOS - através dos salmos a Palavra de Deus se torna a própria oração dos homens.
7.JESUS
Jesus aprendeu a orar com seus pais e nos ensinou a oração filial: DEUS COMO NOSSO PAI! (PAI NOSSO)
Jesus ora sempre antes dos momentos decisivos de sua missão. A oração de Jesus é sempre uma entrega humilde e confiante, de sua vontade humana a vontade amorosa do Pai. (Seja feita a Tua vontade e não a minha!)
ORAÇÃO DE JESUS:
1.À noite. 
2.Sobe a montanha. (esforço, sair de si para encontrar Deus)
3.Solidão. (na oração pessoal Jesus sempre está sozinho, procura estar sozinho)
4.Se dobra diante da Vontade de Deus 
5.Ação de Graças sempre antes da suplica e do pedido. "Pai eu te dou graças por teres ouvido" (João 11, 41-42)
6.Confiança absoluta no amor de Deus - "eu sabia que sempre me ouves" o que significa que Ele pede de modo certo e constante a Deus.(João 17)
SALMO 2, 7-8, At 13,33 - "Tu és meu filho, eu hoje te gerei. Pede e eu te darei as nações como herança, os confins da terra como propriedade."
Hb 5, 7-9  = a oração de Jesus que opera a salvação, a Vitória!
CIC- Jesus nos ensina a orar pela parábolas, na certeza de sermos ouvidos pelo Pai que está nos céus.
8.MARIA
FIAT = Sim aos desígnios de Deus!!! - 
Intercessão - Caná da Galileia.
Oração silenciosa - Maria guardava tudo em seu coração porque confiava plenamente na providência do Pai em sua vida.
TIPOS DE ORAÇÃO:
1.ADORAÇÃO - Primeira atitude do Homem que se reconhece criatura diante de seu Criador - CIC 2628.
2.SUPLICA - Pedir, implorar, suplicar com insistência, invocar, clamar, gritar e até mesmo "lutar na oração".
3.INTERCESSÃO - Interceder é próprio de um coração que está em consonância coma misericórdia de Deus!
4.AÇÃO DE GRAÇAS - "em tudo dai graças a Deus porque esta é a vontade de Deus a vosso respeito em Cristo Jesus."(1 Tes 5,18)
5.ORAÇÃO DE LOUVOR - Reconhecer que Deus é Deus! É uma oração desinteressada; canta, da glória pelo que Deus é e não pelo que Ele faz ou fez..
FONTES DA ORAÇÃO
1.Palavra de Deus - "Procurai pela leitura, e encontrareis meditando; batei orando e vos será aberto pela contemplação." - Padres do Deserto.
2.Liturgia: Oração de toda Igreja - Coração é o altar (Padres do deserto) - A oração litúrgica sempre quando é vivida, mesmo que em segredo, é sempre da Igreja, comunhão com a Santíssima Trindade."
3.Virtudes Teologais: São essenciais para oração.
A fé é a porta da oração. A Esperança sustenta e alicerça a nossa oração - "Esperei ansiosamente no Senhor, Ele se inclinou para mim e ouviu meu grito." (Sl 40,2). O Amor, a caridade, é a fonte que alimenta a oração, quem dele bebe atinge o auge da paz!
CAMINHOS DA ORAÇÃO:
1.Oração do Pai: Orar a Deus nosso Pai é o ensinamento de Jesus - rezemos em Seu nome!
2.Oração de Jesus: a invocação do nome de Jesus é o caminho mais simples da oração continua.
3.Vinde Espírito Santo: ninguém pode dizer Jesus é o Senhor a não ser no Espírito Santo. Iniciar toda oração invocando-O pois só Ele sabe o que e como devemos pedir - Ele atua em todos os caminhos de oração.
4.Orações com Maria: Maria mostra o Caminho e seu sinal. Ela é a figura orante mais perfeita, quando rezamos à Ela estamos dizendo SIM  ao plano do Pai para cada um de nós.
GUIAS PARA ORAÇÃO:
1.SANTOS: "Sua intercessão é o mais alto serviço que prestam ao plano de Deus. Podemos e devemos pedir-lhes que intercedam por nós e plo mundo inteiro."
2.SERVIDORES DA ORAÇÃO:
1.Família
2.Ministros ordenados
3.Religiosos
4.Catequese
5.Grupos de oração
LUGARES FAVORÁVEIS A ORAÇÃO:
1.Igreja
2.Em casa - altarzinho
3.Mosteiros e santuários
4.Peregrinações
VIDA ORAÇÃO:
A oração é a vida do coração renovado em Cristo e deve animar-nos a cada instante. A oração é a recordação de Deus: " É preciso lembrar de Deus com mais frequência do que se respira" (São Gregório)
O Senhor conduz cada um pelo caminho que lhe agrada e cada um responde segundo a determinação do seu coração.
EXPRESSÕES DE ORAÇÃO:
1.Oração Vocal - É preciso rezar com todo o nosso ser, para dar a nossa suplica todo o poder possível!
Deus procura adoradores em Espírito e em Verdade - Ele também quer expressão que associa o corpo à oração interior.
2.Meditação - É uma procura. O Espírito procura o porque e o como da vida cristã, a fim de aderir ao que o Senhor pede: "Senhor o que queres que faça?"
3.Oração Mental - Santa Terezinha: "Oração mental, a meu ver, é apenas um relacionamento íntimo de amizade em que conversamos muitas vezes a sós com esse Deus por quem nós sabemos ser amados." Ou seja, é a busca daquele que meu coração ama.
É o olhar de fé fixo em Jesus - Eu olho para Ele e Ele olha para mim.
É a escuta da Palavra.
É o silêncio.
COMBATE DA ORAÇÃO:
Oração = é o combate contra nós mesmos; é o combate contra o malígno.
Inimigos da Oração:
1.Distração
2.Aridez
3.Falta de Fé
4.Acídia ou preguiça
5.Falta de confiança
Quando nossa oração não é atendida?
Quando não corresponder a Vontade de Deus :
"Não te aflijas se não receber imediatamente de Deus o que lhe pedes: pois ele quer fazer-se um bem ainda maior por tua perseverança em permanecer com Ele na oração. Ele quer que nosso desejo seja provado na oração. Assim Ele nos prepara para receber aquilo que Ele está pronto para nos dar."
ORAÇÃO EFICAZ:
O primeiro sinal de que a oração chegou até Deus é a mudança imediata do coração.
O segundo é que permanecemos e perseveramos no AMOR! ! Tes 5, 16-21.

"Reza-se como se vive porque se vive como se reza!"


Fonte: CIC - 657/705.